"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Foi com esta oração que um brasileiro obteve o milagre da Santa Madre Teresa de Calcutá

  Aleteia Brasil | Maio 05, 2017
Creative Commons
E foi este milagre que permitiu a canonização da Missionária da Caridade

A canonização da Santa Madre Teresa de Calcutá, realizada pelo Papa Francisco em 4 de setembro de 2016, se baseou no milagre obtido por um brasileiro que sofria de múltiplos tumores no cérebro.

O homem a quem aconteceu o milagre tinha na época 35 anos de idade e estava em lua-de-mel quando teve de ser hospitalizado às pressas. No hospital, em Santos, ele foi diagnosticado com hidrocefalia e oito abscessos espalhados pelo cérebro. Durante a internação, sua esposa foi buscar ajuda espiritual com o padre Elmiran Ferreira, da paróquia de Nossa Senhora Aparecida, na cidade vizinha de São Vicente. O padre lhe deu a medalhinha da Madre Teresa de Calcutá, que a mulher colocou no travesseiro do marido no hospital, além de rezar pedindo a sua intercessão pela cura. Com o esposo inconsciente no centro cirúrgico, um dos médicos saiu para buscar um dreno. Nesse ínterim, o homem acordou, recuperou plenamente os sentidos e tomou café sozinho. A cirurgia, marcada para o dia seguinte, simplesmente foi cancelada.

Além da medalhinha, o padre Elmiran deu à família uma oração para que fosse rezada de maneira intensa à então beata Madre Teresa. Eles rezaram. Segundo o seu testemunho, “a Madre Teresa se tornou conforto e alento naquela longa jornada“.

Mas que oração foi essa que a família fez e que foi atendida, agraciando o jovem com o milagre da cura?

Eis a oração:

“Beata Teresa de Calcutá, 
tu permitiste ao sedento amor de Jesus na Cruz 
tornar-se uma chama viva dentro de ti. 
Chegaste a ser luz do Seu amor para todos. 
Obtém do coração de Jesus… (pedir aqui a graça). 
Ensina-me a deixar Jesus penetrar e possuir todo o meu ser, 
tão completamente que a minha vida também possa irradiar 
a Sua luz e amor para os outros.
Amém”.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com