"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

segunda-feira, 20 de março de 2017

Seu sorriso pode influenciar na busca por um emprego?

domtotal.com
Boca e dentes têm papel importante nas relações interpessoais.
Boca e dentes têm papel importante nas relações interpessoais.
Boca e dentes têm papel importante nas relações interpessoais. (Getty Images)

Proatividade, dinamismo e competência são algumas das características comumente citadas por avaliadores responsáveis por contratações. A aparência física e sua relação íntima com a atração social dos indivíduos, em especial, quando se trata da face, podem fazer a diferença. Nesse sentido, boca e dentes têm papel importante nas relações interpessoais. De acordo com uma pesquisa realizada na Bahia, pessoas com sorrisos ideais também têm mais chances de garantirem uma vaga, por serem consideradas mais inteligentes que aquelas que apresentam um sorriso com problemas estéticos. 

O estudo, feito com pacientes que necessitavam de tratamento ortodôntico, utilizou fotos alteradas - em que os dentes foram digitalmente corrigidos - que foram exibidas a cem pessoas responsáveis por contratar funcionários para equipes comerciais. O grupo recebeu, ainda, questionários sobre características para serem vinculadas aos indivíduos das imagens, como honestidade, inteligência e eficiência no trabalho. As fotografias em que os candidatos tinham a estética dental ideal foram, na média, melhor avaliadas no quesito inteligência, apesar de não haver diferença significativa em relação à honestidade e eficiência.  

Segundo a Associação Americana de Ortodontia, nos Estados Unidos, mais de um milhão de adultos fazem tratamento para alinhamento dos dentes. Para aortodontista Sílvia Reis, muitos desses pacientes são motivados por razões estéticas, em certos casos, até mais do que por possíveis disfunções. “A aparência física pode influenciar diretamente na autoestima, integração social e qualidade de vida. Ou seja, quadros apontados como estéticos têm também relação com a saúde”, pontua.

PRINCIPAIS PROBLEMAS BUCAIS

Classe II: arcada superior muito à frente da inferior

Classe III: arcada de baixo é que fica à frente da de cima

Desvio da linha mediana: centro das arcadas não coincide

Mordida aberta: os dentes anteriores não se tocam quando os pacientes fecham a boca

Diastema: excesso de espaçamento entre os dentes

Apinhamento: dentes tortos. Os dentes ficam uns sobre os outros porque a arcada é pequena

Problemas e soluções

Em adultos, os aparelhos são indicados para restaurar estética e função adequadas. “Aproximadamente 70% dos pacientes que vão realizar implantes e próteses deveriam usar aparelhos antes, a fim de obter resultados melhores”, exemplifica Silvia. Ela ressalta que não existe limite de idade para tratamentos ortodônticos e cada caso deve ser avaliado por um especialista, que irá verificar qualquer fator que possa impossibilitar o uso e indicar qual o tipo de aparelho será mais eficiente.

Pacientes que tenham tido doenças periodontais (da gengiva), que devem ser avaliadas e tratadas por um periodontista, também podem complementar o tratamento com uso de aparelhos. “Durante o processo dessas doenças, é comum os dentes se movimentarem, devido ao enfraquecimento do suporte deles. Após o controle da doença, o tratamento ortodôntico não só pode, como deve ser realizado para alinhá-los, facilitando a higienização e devolvendo adequada estética e função de mastigação”, afirma a ortodontista. 

Disfarçando o aparelho

A fim de atender à crescente demanda de pacientes adultos que necessitam de tratamento ortodôntico, as empresas desenvolveram aparelhos mais estéticos, tão eficientes quanto os aparelhos de metal, desde que o diagnóstico esteja correto e o tratamento realizado por profissionais experientes. “Graças a essa evolução tecnológica da odontologia, atualmente, já existem alternativas eficientes, que são também discretas, mais higiênicas e confortáveis. Além disso, indivíduos cujos tratamentos eram muito longos e invasivos, há 20 anos, podem ser tratados de uma forma muito mais eficiente e rápida nos dias atuais”. 

O modelo a ser utilizado é definido de acordo com o diagnóstico e leva em consideração, além do problema a ser corrigido, os anseios do paciente. A alternativa estética com melhor relação custo-benefício são os bráquetes “transparentes”, conhecidos como bráquetes de safira. Existem, ainda, os aparelhos linguais, excelente alternativa para quem demanda uma correção ortodôntica invisível. Existe, ainda, uma tecnologia de ponta, desenvolvida nos Estados Unidos e presente em 80 países, incluindo o Brasil. “Trata-se de uma série de alinhadores em sequência, transparentes e confeccionados com base na dentição do indivíduo, tudo projetado digitalmente”, explica Silvia. Um software 3D permite, inclusive, diferentes simulações dos resultados. Algumas empresas nacionais têm desenvolvido alinhadores utilizando tecnologia semelhante, que corrigem satisfatoriamente os casos menos complexos.

Hipertexto Comunicação Empresarial
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com