"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

sábado, 12 de agosto de 2017

Bispo pede intercessão da Virgem de Fátima ante a tensão entre Coreia do Norte e EUA

Virgem de Fátima / Foto: Flickr Eduardo Segura (CC_BY_NC_ND_20)

Seul, 11 Ago. 17 / 05:00 pm (ACI).- Com o acirramento da tensão entre Coreia do Norte e Estados Unidos, os bispos da Coreia do Sul lançaram um apelo a rezar pela paz, evocando o centenário das aparições de Nossa Senhora de Fátima.

Na mensagem por ocasião da Solenidade da Assunção da Santíssima Virgem Maria, celebrada no dia 15 de agosto, o Arcebispo de Seul, Cardeal Andrew Yeom Soo-jung, recordou que “a Virgem Maria pediu-nos para rezar o rosário pela conversão dos pecadores e pela paz no mundo”.

De acordo com a Agência Ecclesia, do episcopado português, o Cardeal Yeom Soo-jung manifestou sua grande preocupação com as tensões crescentes na península coreana, alimentadas pelos programas de armas nucleares e de mísseis da Coreia do Norte.


Nesta semana, o governo norte-coreano de Kim Jong-Um declarou estar “examinando cuidadosamente” planos de ataques com mísseis contra a ilha de Guam, território norte-americano no Oceano Pacífico.

A ameaça da Coreia do Norte se deu após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, avisar que os norte-americanos irão responder com “fogo e fúria” a qualquer ameaça de Pyongyang contra a América.

Frente a este contexto, o Arcebispo de Seul indicou que, “para a segurança e o futuro de todos os coreanos, a Coreia do Norte deve sentar-se à mesa das negociações e abandonar suas armas nucleares”.

Por outro lado, aos sul-coreanos, o Purpurado convoca a rezar, tendo em vista que “o rosário é a nossa arma espiritual para derrotar o mal de forma eficaz e nos ajudará a superar os desafios da nossa fé e a nos transfigurar para nos tornarmos construtores da paz mundial”.

A Coreia do Sul é um país profundamente ligado à Virgem Maria e a Solenidade da Assunção tem para os coreanos um grande significado, pois o país conseguiu a sua libertação da colonização japonesa em 15 de agosto de 1945. Assim, a Igreja Católica no país é dedicada a Mãe de Deus, a cuja intercessão atribuem sua independência.

Neste ano do centenário das aparições da Virgem Santíssima na Cova da Iria, em Portugal, uma imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima irá percorrer a Coreia do Sul entre 22 de agosto e 13 de outubro, a fim de levar “a verdadeira paz à península coreana”, conforme indicaram na carta de solicitação enviada ao Santuário de Fátima.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com