"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Primaz luterana com o Papa: renovamos compromisso com a unidade

Imagem relacionada
Cidade do Vaticano (RV) – Entre as presenças na Audiência Geral de quarta-feira (14/06), uma delegação ecumênica sueca guiada pelo novo Cardeal Anders Arborelius e pela Arcebispa luterana de Uppsala Antje Jackelen.

Gratidão
“Viemos da Suécia para expressar nossa gratidão após o histórico encontro em Lund, e do qual nasceu uma certa sinergia entre luteranos e católicos”, afirmou Antje Jackelen após o encontro.
“Foi um belo momento. A alegria em nos reencontrarmos foi recíproca” afirmou ela, ao comentar o reencontro com o Santo Padre na Praça São Pedro, momento em que lhe foi presenteado um ícone de São Francisco de Assis pintado por um artista sueco.
Frutos ecumênicos do encontro em Lund
O encontro de 2016 na Suécia foi realmente histórico e suscitou iniciativas no campo ecumênico.
“Em Lund já se tornou um encontro fixo, realizado mensalmente, a celebração das Vésperas ecumênicas em uma paróquia católica ou na catedral luterana”, contou Antje Jackelen na entrevista concedida ao Vatican Insider, explicando que “existem encontros frequentes entre grupos de jovens luteranos e católicos que querem aprofundar o conhecimento recíproco e comprometerem-se juntos em algumas áreas.”
A Arcebispa de Uppsala falou ainda da existência de um Conselho Cristão das Igrejas, “que está trabalhando em favor daquela unidade de que falava o Papa”.
A este respeito, Jackelen recordou as palavras do Papa Francisco, de que “a unidade se faz caminhando. A unidade se torna visível um passo após outro, seguindo em frente juntos”.
Maior motivação dos jovens
“Os jovens – sublinhou – acreditam muito nisto, têm este desejo forte de celebrar juntos a Eucaristia. Vejo que da parte deles existe um impulso maior” se comparado aos adultos, mesmo porque os jovens expressam este desejo de outra forma, e no final das contas, “o futuro são eles”.
Primeiro Cardeal dos países nórdicos
E referindo-se a Dom Arborelius, a Arcebispa luterana também expressou sua alegria, assim como de todo o país, pelo novo Cardeal. “Era chegada a hora de que também os católicos dos países nórdicos tivessem uma representação aqui em Roma, que representa a universalidade da Igreja. É um sinal importante”.
Rezar um pelo outro
Antje Jackelen revela que ao final do encontro com o Papa Francisco, ele pediu a ela para que “rezemos um pelo outro”, tendo sido também renovado o compromisso assumido em Lund. “Depois o Papa sorriu e me saudou com o polegar para cima”.
Fonte: www.br.radiovaticana.va
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com