"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Jovens músicos de favela do Rio de Janeiro tocarão para o Papa Francisco

Apresentação dos jovens músicos. Foto: Facebook Orquestra Maré do Amanhã

REDAÇÃO CENTRAL, 02 Jun. 17 / 10:00 am (ACI).- O sonho de crianças, adolescentes e jovens moradores de uma favela do Rio de Janeiro de tocar para o Papa Francisco na Cidade Maravilhosa em 2013 não pôde ser concretizado, mas, quase quatro anos depois eles poderão torná-lo realidade no próximo sábado, no Vaticano.

A Orquestra Maré do Amanhã, um projeto social fundado em 2010 na favela da Maré, uma das mais violentas do Rio de Janeiro, iria tocar para o Papa Francisco aos pés do Cristo Redentor, em julho de 2013, no marco da Jornada Mundial da Juventude. Entretanto, uma forte chuva impediu que a apresentação acontecesse.

“Ficamos muito tristes, porque preparamos uma música para ele”, recordou à ‘AFP’ a violoncelista Débora Santos, de 18 anos.

Passados quase quatro anos, a Orquestra leva 26 jovens brasileiros entre 14 e 19 anos para, finalmente, realizar o sonho de tocar para o Papa. A ocasião será no sábado, 3 de junho, na chegada do “Trem das crianças”, uma iniciativa promovida pelo ‘Pátio dos Gentios’ do Pontifício Conselho para a Cultura em colaboração com a Ferrovia italiana a fim de presentear as crianças desfavorecidas um dia especial.

“É muito gratificante saber que todo nosso esforço está sendo recompensado. É maravilhoso. Chorei muito. Fiquei muito feliz. Finalmente, depois de quatro anos...”, expressou Débora.

Entre o público, estarão 400 crianças e jovens de regiões do centro da Itália afetadas por terremotos recentemente.

No repertório estarão clássicos da música erudita e tradicional brasileira, além de dois tangos, de Astor Piazzolla e Carlos Gardel, para recordar a terra do Papa argentino.

Além disso, darão de presente ao Santo Padre um violino branco assinado pelos jovens músicos. Ao Brasil, pretendem trazer outro instrumento com uma mensagem do Pontífice.

Antes de seguir viagem para a Europa, a Orquestra participou de uma Missa de Envio no Santuário do Cristo Redentor na segunda-feira, 29 de maio, presidida pelo reitor, Padre Omar Raposo.

Ao se dirigir aos jovens músicos, o sacerdote afirmou: “Vocês são chamados a ser exemplo e a dar o testemunho de Deus, com o dom da arte, que é capaz de nos levar a lugares inimagináveis”.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com