"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

terça-feira, 18 de abril de 2017

Bartolomeu I acompanhará a Francisco na sua viagem ao Egito

 domtotal.com
Patriarca ecumênico de Constantinopla, Bartolomeu I, e o papa Francisco rezarão pela paz junto com Al Tayeb na Universidade Al Azhar.
O Patriarca de Constantinopla e o Papa abraçarão a Teodoro II e aos coptas.
O Patriarca de Constantinopla e o Papa abraçarão a Teodoro II e aos coptas. (Reprodução)
Por Jesus Bastante

Esteve com ele na Terra Santa, em Assis e na oração com Mahmoud Abbas e Shimon Peres. Também o acompanhou na emocionante visita aos refugiados de Lesbos e agora viajará do seu lado na histórica viagem ao Egito. O patriarca ecumênico de Constantinopla, Bartolomeu I, anunciou neste domingo que espera estar junto com Francisco no próximo 28 de abril, na Universidade Al Azhar no Cairo.

Após a missa de Páscoa celebrada na catedral de São Jorge, em Istambul, Bartolomeu mostrou aos jornalistas uma carta escrita a mão, que o papa Francisco o enviou, na qual falava de “amizade fraternal”. “Agradeço tua amizade, e espero te ver em breve”, escreve o pontífice.

“A ocasião poderia estar muito próxima: fui convidado pela Universidade Al Azhar no Cairo, de modo que no dia 28 de abril poderei estar com Francisco”, declarou o patriarca ecumênico, ressaltando que já se reuniu até em seis ocasiões com o Papa de Roma desde que foi escolhido em março de 2013.

A presença dos líderes mais representativos (junto com Cirilo, primaz da Igreja Ortodoxa Russa) do cristianismo servirá para dar uma mensagem de proximidade e apoio aos cristãos coptas de Egito, acossados pelas perseguições e ataques - o último deles matou dezenas de pessoas nos dois atentados do Domingo de Ramos nas Igrejas de Tanta e Alexandria. Ambos abraçarão a Teodoro II (Tauadros II), o papa copta, e com ele a todos os cristãos que sofrem no país.

Sua oração em comum, junto com o Grande Mufti Al Tayeb, no centro teológico de referência do Islã sunita, servirá também para dar uma mensagem de paz entre o Islã e o Cristianismo, e para acabar com a falsa utilização que se faz das religiões para justificar a violência. Porque não, Deus não quer isso (nem Alá).

Apesar dos atentados, o Vaticano confirmou oficialmente que o Papa Francisco manterá sua viagem ao Egito, que levará por Lema “O Papa da paz no Egito da paz”. Nesta viagem Bergoglio quer defender o diálogo entre as religiões e ao mesmo tempo render homenagem aos cristãos coptas, vítimas de numerosos atentados neste país.

Por motivos de segurança, no programa do Papa em Egito durante os dias não se especifica o lugar das reuniões, ainda que sim se sabe do seu encontro com o presidente Abdel Fattah al Sisi, também com o grande Imam da mesquita Al Azhar, Ahmed Tayeb, e com o Papa dos cristãos coptas.


Religión Digital

Tradução: Ramón Lara
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com