quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Peregrino brasileiro morre no Caminho de Santiago de Compostela

SANTIAGO DE COMPOSTELA, 07 Ago. 18 / 04:00 pm (ACI).- O brasileiro Fernando Luiz Righi de Oliveira foi encontrado morto na manhã de segunda-feira, no Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, e segundo autoridades, o falecimento pode estar relacionado com a onda de calor que atinge a Europa.
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, atividades ao ar livre e natureza
O corpo do peregrino de 67 anos foi encontrado pela Guarda Civil, após ele ter sido considerado desaparecido no domingo. Atuaram também nas buscas agentes da Polícia Foral, do Grupo Canine Guide, da Brigada de Proteção Ambiental, da delegacia de Sanguesa e da Guarda Civil.

Fernando Luiz, de Porto Alegre (RS), fazia o Caminho de Santiago de Compostela pela rota aragonesa, segundo a imprensa espanhola. Seu filho, Fernando Luiz Righi de Oliveira Júnior, de 43 anos, contou ao ‘Estadão’ que esta era a terceira vez que ele realizava a peregrinação a Compostela.

De acordo com Fernando Luiz Júnior, seu pai mantinha contato direto com a família durante todo o percurso, sendo que o último ocorreu na sexta-feira e, por isso, no sábado a família começou a se preocupar.

“Meu pai nunca teve problemas de saúde. Ele gostava muito de viajar. Ela planejava passo a passo da viagem. Estava aposentado e gostava de ficar com os netos, de ir para casa da praia e planejar as viagens”, contou Júnior ao ‘Estadão’.

Fernando Luiz fazia parte da Associação dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela do Estado do Rio Grande do Sul (ACAARGS), a qual lamentou o seu falecimento através de uma publicação no Facebook.
A Associação informou que Fernando “iria percorrer trechos de 4 rotas diferentes iniciando em Samport no Caminho Aragonês”.

“Sentimos muito dar essa noticia, pois a cada peregrino que entregamos a credencial, recebemos um abraço apertado e vemos o brilho nos olhos de cada um. Esse brilho agora é eterno peregrino”, acrescentou, informando ainda que a família dele já foi para a Espanha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário