segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Há 40 anos morria Paulo VI, no ano dos três papas

 domtotal.com
Em 6 de agosto de 1978, quarenta anos atrás, falecia Paulo VI.
Missa na praça de São Pedro, no Vaticano, pela beatificação do papa Pablo VI, celebrada em 19 de outubro de 2014
Missa na praça de São Pedro, no Vaticano, pela beatificação do papa Pablo VI, celebrada em 19 de outubro de 2014 (AFP/Arquivos)
Há 40 anos, em 6 de agosto de 1978, morreu o papa Paulo VI, em um ano importante para a Igreja católica, recordado como o ano dos três papas, com a eleição de João Paulo I e João Paulo II, após a morte inesperada do anterior.

"Foi o grande papa da modernidade", descreveu na véspera o papa argentino Francisco, ao recordar os esforços de Paulo VI para concluir o Concílio Vaticano II, que modernizou a instituição milenar.

"Há 40 anos, o beato papa Paulo VI estava vivendo suas últimas horas nesta terra. Morreu, de fato, na tarde de 6 de agosto de 1978. Nós o recordamos com muita veneração e gratidão, à espera de sua canonização, no próximo 14 de outubro", comentou Francisco.

"Que do céu interceda pela Igreja que tanto amou e pela paz no mundo!", clamou Francisco.

O italiano Paulo VI (1963-1978) e o arcebispo salvadorenho Óscar Arnulfo Romero, grande defensor dos pobres que se transformou em lenda na América Latina após seu assassinato em 1980, serão canonizados em 14 de outubro na basílica de São Pedro no Vaticano.

Com a morte de Paulo VI se iniciou uma fase importante para a história da Igreja, em crise ante os movimentos de libertação social e sexual.

Segundo o vaticanista Orazio La Rocca, no livro "O ano dos três papas", a eleição destas três figuras, com características distintas, refletia as diferentes almas da entidade.

Nesse ano reinaram três pontífices: os italianos Paulo VI, Giovanni Battista Montini, e João Paulo I, Albino Luciani, que permaneceu só 33 dias no trono; e o polonês Karol Wojtyla, João Paulo II, o primeiro não italiano em mais de quatro séculos, que guiou a Igreja durante 27 anos.

AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário