Papa doa 50 mil euros para vítimas de terremoto em Lesbos

2017-07-03 Rádio Vaticana

Atenas (RV) - O Papa Francisco doou 50 mil euros para atender as necessidades das vítimas do terremoto ocorrido em Lesbos nos dias passados, como confirmou no domingo a Nunciatura Apostólica em Atenas.

“O Santo Padre se sente próximo às vítimas, e além de suas orações, doou 50 mil euros para ir de encontro às necessidades das populações da Ilha de Lesbos”, disse Dom Nikolaos Printezis, Bispo de Naxos, Andros, Tinos e Mykonos e Administrador Apostólico "sede vacante" de Chios.

O Núncio havia apresentado um relatório detalhado ao Papa nos dias passados. Em breve, Dom Nikolaos visitará Lesbos para entregar a doação de Francisco.

Em 12 de junho passado, uma mulher morreu e outras dez pessoas ficaram feridas em um sisma de magnitude 6.3 que atingiu as Ilhas gregas de Lesbos e Chio, além da costa ocidental da Turquia.

O balanço mais grave das vítimas e os maiores danos foram verificados no povoado de Vrisa, em Lesbos, onde diversas casas desabaram.

O epicentro do tremor foi no Mar Egeu, a 10 km de profundidade e cerca de 11 km de distância do povoado grego de Plomari, no qual – segundo o prefeito Manolis Armenakas – ocorreram danos em diversas construções, velhas e novas.

“É um desastre” – disse Christiana Kalogirou, governadora da região do Egeu do Norte. O sisma foi sentido no distrito turco de Karaburun, Província de Smirna.

O abalo de 12 de junho de 6.3 foi seguido por abalos secundários de 4.9 e 3.9

O Papa Francisco tem um carinho especial pela Ilha grega de Lesbos, onde, em 16 de abril de 2016, fez uma “visita humanitária” aos refugiados, acompanhado pelo Patriarca Bartolomeu e pelo Arcebispo de Atenas e de toda a Grécia Ieronymos. (JE)


(from Vatican Radio)

Comentários