"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Por que as crianças de hoje são tão desrespeitosas?

  Calah Alexander | Maio 18, 2017
Shutterstock
Nós toleramos que as crianças se comportem de maneiras que nunca toleraríamos em um parceiro ou amigo

Uma das primeiras coisas que ensinamos em nossa escola de taekwondo são os princípios dessa arte marcial, que são virtudes para se praticar e viver. O respeito é importante. Fazer contato visual, de pé respeitosamente, dizendo “sim, senhora” e “sim, senhor”, e curvando-se sobre o tatame e fora dele são lições que começamos a ensinar no primeiro dia.

Os alunos mais velhos podem ser resistentes a demonstrar respeito, mas os mais novos o absorvem como uma esponja. Quando um instrutor os chama de “senhora” ou “senhor” e fala seriamente com eles, esperando uma resposta séria, eles ficam felizes. Tratá-los com respeito predispõe estudantes de todas as idades a responder da mesma maneira.

–– ADVERTISEMENT ––


Eu não pude deixar de pensar nisso quando li esta entrevista com o Dr. Leonard Sax sobre seu novo livro, The Collapse of Parenting.

Muitas vezes penso que a nossa sociedade em geral é vergonhosamente cúmplice dos padrões de comportamento das crianças. Nós toleramos que as crianças se comportem de maneiras que nunca toleraríamos em um parceiro, porque não queremos nos intrometer ou interferir na paternidade de outra pessoa. Ou, se eles são nossos próprios filhos, porque não queremos ser autoritários ou mesmo porque simplesmente não sabemos o que fazer. Em todos os casos, no entanto, são as crianças que estão sofrendo.

Dr. Sax explicou que é comum para crianças de 10 anos ter acesso a seus próprios telefones celulares em todas as horas do dia e da noite. Isso é algo que a Academia Americana de Pediatria é contra, mas os pais acham impossível seguir essa recomendação. Eles sentem “que eles não têm autoridade sobre seu filho em muitos domínios”.

Compare isso com outra recomendação oficial que o Dr. Sax lembra, esta sobre ter um jantar de família sem distrações todos os dias. É uma tarefa difícil de implementar com os adolescentes que veem seus pais distraídos por e-mails ou telefonemas na mesa do jantar.

Uma das coisas que esquecemos é que os seres humanos são criaturas que imitam. Aprendemos observando e imitando o comportamento que vemos à nossa volta. Ganhar tempo para sentar com os nossos filhos e ouvir as suas histórias sem olhar para os nossos telefones mostra-lhes respeito e, mostrando-lhes o respeito, fornecemos aos nossos filhos modelos de comportamento. Gostaríamos de tratar outro adulto dessa forma, e é a maneira que esperamos ser tratados. Não basta explicar isso aos nossos filhos – temos de demonstrá-lo em nossas interações com eles, bem como com outros adultos.

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com