"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Papa Francisco: Uma Igreja que não se ergue para se colocar a caminho, fica doente

Por Miguel Pérez Pichel
Papa Francisco durante a sua homilia na Casa Santa Marta. / Foto: L'Osservatore Romano

VATICANO, 04 Mai. 17 / 10:00 am (ACI).- “Prepara-te e vai!”. A partir desta exortação dos Atos dos Apóstolos, o Papa Francisco encorajou os cristãos a dar um novo impulso à evangelização, porque “uma Igreja que não se levanta, que não está em caminho, adoece”.

Estas palavras são “um sinal da evangelização”, afirmou. “Para evangelizar, “prepara-te e vai”. Não diz: “Fique sentado, tranquilo, em casa”: não! A Igreja, para ser sempre fiel ao Senhor, deve estar em pé e em caminho: “Prepara-te e vai”. Uma Igreja que não se levanta, que não está em caminho, adoece”.

Estas palavras são “um sinal da evangelização”, afirmou. “Para evangelizar: ‘prepara-te e vai’. Não! A Igreja, para ser sempre fiel ao Senhor, deve estar em pé e em caminho: ‘prepara-te e vai’. Uma Igreja que não se levanta, que não está em caminho, adoece”.

Uma Igreja parada fica “fechada no pequeno mundo das fofocas, das coisas... fechada, sem horizontes”. “Prepara-te e vai, em pé e em caminho. Assim deve agir a Igreja na evangelização”.

O Pontífice se referiu ao segundo convite presente nesta Leitura: “Aproxima-te desse carro”, que Filipe recebe do Espírito. Segundo narra o Livro do Ato dos Apóstolos, naquele carro, havia um eunuco etíope, que foi a Jerusalém para adorar Deus e que, enquanto viajava, lia o profeta Isaías, tentando compreender as Escrituras e perguntou a Filipe para acompanhá-lo.


O Papa sublinha como Filipe se aproximou do etíope e o escutou. “Todos os homens, todas as mulheres têm uma inquietação no coração, boa ou ruim, mas há uma inquietação. Ouça aquela inquietação”.

A Leitura não diz: “Vai e faça proselitismo”, destaca Francisco. “Não, não! ‘Vai e ouve’. Ouvir é o segundo passo da evangelização. O primeiro é ‘Prepara-te e vai’; o segundo, ‘ouve’”.

“Aquela capacidade de escuta, de descobrir o que as pessoas sentem, o que sente o coração dessa gente, o que pensam... Mas pensam coisas erradas? Mas eu quero ouvir essas coisas erradas, para entender bem onde está a inquietação. Todos temos uma inquietação dentro de nós. O segundo passo da Igreja é encontrar a inquietação das pessoas”.

Depois, é o próprio etíope que, vendo Filipe se aproximar, lhe pergunta de quem falava o Profeta Isaías e Filipe começa a pregar, assinalou o Papa, e o funcionário etíope acabou pedindo o Batismo. “Isto foi possível porque Filipe se aproximou e ouviu”.

“Este método que não é proselitista: é o método do testemunho à obediência. A Igreja, que hoje nos diz: ‘Alegra-te’. Alegrar-se, a alegria. A alegria de ser cristãos inclusive nos momentos mais duros, porque depois da lapidação de Estevão, teve início uma grande perseguição e os cristãos se espalharam por todos os lugares, como a semente que o vento leva”, concluiu.

Leitura comentada pelo Papa Francisco:

Atos 8, 26-40

Naqueles dias, 26um anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: “Prepara-te e vai para o sul, no caminho que desce de Jerusalém a Gaza. O caminho é deserto”. Filipe levantou-se e foi. 27Nisso apareceu um eunuco etíope, ministro de Candace, rainha da Etiópia, e administrador geral do seu tesouro, que tinha ido em peregrinação a Jerusalém.

28Ele estava voltando para casa e vinha sentado no seu carro, lendo o profeta Isaías. 29Então o Espírito disse a Filipe: “Aproxima-te desse carro e acompanha-o”. 30Filipe correu, ouviu o eunuco ler o profeta Isaías e perguntou: “Tu compreendes o que estás lendo?”

31O eunuco respondeu: “Como posso, se ninguém o explica?” Então convidou Filipe a subir e a sentar-se junto a ele. 32A passagem da Escritura que o eunuco estava lendo era esta: “Ele foi levado como ovelha ao matadouro; e qual um cordeiro diante do seu tosquiador, ele emudeceu e não abriu a boca. 33Eles o humilharam e lhe negaram justiça; e seus descendentes, quem os poderá enumerar? Pois sua vida foi arrancada da terra”.

34E o eunuco disse a Filipe: “Peço que me expliques de quem o profeta está dizendo isso. Ele fala de si mesmo ou se refere a algum outro?” 35Então Filipe começou a falar e, partindo dessa passagem da Escritura, anunciou Jesus ao eunuco. 36Eles prosseguiam o caminho e chegaram a um lugar onde havia água. 37Então o eunuco disse a Filipe: “Aqui temos água. O que impede que eu seja batizado?”

38O eunuco mandou parar o carro. Os dois desceram para a água e Filipe batizou o eunuco. 39Quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe. O eunuco não o viu mais e prosseguiu sua viagem, cheio de alegria. 40Filipe foi parar em Azoto. E, passando adiante, evangelizava todas as cidades até chegar a Cesareia.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com