"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Lisboa: Cartaz dá boas-vindas ao Papa na Rotunda do Marquês


Iniciativa de leigos foi acolhida pelo Serviço da Pastoral do Turismo do Patriarcado, como sinal de acolhimento e de mobilização
Lisboa, 03 mai 2017 (Ecclesia) – A Rotunda do Marquês amanheceu com um cartaz de boas-vindas ao Papa, iniciativa de leigos católicos que o diretor do Serviço da Pastoral do Turismo do Patriarcado de Lisboa apresenta como sinal de “acolhimento” e de mobilização.

“É expressão de acolhimento dos portugueses mas também forma de mobilizar à participação em Fátima para acolhermos o Santo Padre”, disse o padre Mário Rui Pedras à Agência ECCLESIA.

Segundo o diretor do Serviço da Pastoral do Turismo do Patriarcado de Lisboa, a iniciativa partiu de um grupo de leigos, a fim de tornar presente na Rotunda do Marquês uma tela que “manifestasse o desejo que temos que a visita do Santo Padre seja profundamente acolhida”.

Habituada ter diversos outdoors publicitários e informativos, o centro de Lisboa acordou hoje com uma tela gigante, na qual se lê «Bem vindo Papa Francisco», com referência aos dias da visita do pontífice – 12 e 13 de maio –, no contexto dos «100 anos aparições de Fátima», e ainda à «canonização de Francisco e Jacinta».

O sacerdote assinalou que todas as pessoas têm a “noção clara da vinda do Papa” pelo mediatismo da visita, que “é uma honra e privilégio”, particularmente por Francisco, que “é sempre expressão maior do serviço que o ministério de Pedro presta à Igreja”, e pelos 100 anos das Aparições em Fátima e pela canonização de dois dos três pastorinhos videntes.

O conjunto de leigos tem como rosto Francisco Noronha de Andrade, que informa que a colocação outdoor foi concluída às 03h00 da manhã, num trabalho que é “um gesto de carinho e muita gratidão”.

As provas finais do cartaz foram conhecidas a 19 de abril e o mentor da ideia recorda que a ideia do cartaz era ter apenas uma fotografia do Papa e uma imagem de Nossa Senhora; no dia seguinte, no Vaticano, foi anunciada a canonização dos pastorinhos, referência que acabou por ser também incluída.

Francisco Noronha de Andrade comenta ainda que esteve já de manhã a tirar fotografias e observou que quem passa de carro “abranda para olhar para cima” e os transeuntes “param e tiram os telemóveis”.

À Agência ECCLESIA, recorda que este é o quatro cartaz que colocam na Rotunda do Marquês, em Lisboa, para, “de alguma forma, anunciar coisas interessantes da Igreja”.

O primeiro foi sobre o Congresso Internacional da Nova Evangelização, em 2005; depois no cinquentenário do Cristo-Rei, em 2009, e um ano depois na visita do agora Papa emérito Bento XVI.

O padre Mário Rui Pedras adiantou a que a tela vai ser retirada a 15 de maio, dois dias depois da visita do Papa Francisco que vai estar em Fátima a 12 e 13 deste mês como ‘peregrino na esperança e na paz’.

O diretor do Serviço da Pastoral do Turismo do Patriarcado de Lisboa sublinha que a visita é um acontecimento que “honra Portugal”, terra “de Santa Maria, desde de sempre”, e incentiva que se “honre a sua presença”.

“Neste mês de maio a melhor maneira de preparar a vinda do Papa é pegarmos no Terço e fazermos aquilo que a mensagem de Fátima nos pede que rezemos pela conversão e convertamo-nos a nós próprios”, concluiu o sacerdote.

CB/OC
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com