"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Papa realça a relevância da mensagem católica «num mundo dilacerado pela violência»

Agência Ecclesia 27 de Abril de 2017, às 11:12        (Lusa)

Francisco encontrou-se com membros da «Fundação Papal»

(Lusa)
Cidade do Vaticano, 27 abr 2017 (Ecclesia) – O Papa Francisco destacou hoje no Vaticano a importância da Igreja Católica se assumir como mensageira de esperança e de paz “num mundo dilacerado pela violência”.

Numa audiência com membros da ‘Fundação Papal’, uma instituição de cariz sociocaritativo sedeada nos Estados Unidos da América, o Papa argentino enalteceu o trabalho daquelas pessoas, que assumem o “compromisso de promover a missão da Igreja Católica, no apoio a tantas causas religiosas e solidárias”.

“Causas que estão próximas do coração do Papa”, salientou Francisco, que sublinhou depois a relevância que este género de organizações católicas assume hoje, “num mundo tão frequentemente dilacerado pela violência, pela ganância e indiferença”.

O contexto atual da sociedade “precisa muito do vosso testemunho da mensagem do Evangelho, na esperança do poder redentor e reconciliador do amor de Deus”, afirmou o Papa, que mostrou-se ainda “agradecido” pela forma como a instituição norte-americana tem “auxiliado a Igreja Católica nos seus esforços” solidários, “especialmente nos países em vias de desenvolvimento”.

“Cada um de nós, como membros do corpo vivo de Cristo, somos chamados a acolher no coração a união e a paz, segundo a vontade do Pai”, lembrou Francisco, que exortou os membros da Fundação a “rezar pelas necessidades dos mais pobres, pela conversão dos corações, pelo anúncio do Evangelho e pelo crescimento da Igreja Católica em santidade de zelo missionário”.

“E peço-vos que não se esqueçam de rezar também por mim”, concluiu.

Criada em 1988, a ‘Fundação Papal’ dedica-se a auxiliar a missão católica nos países em vias de desenvolvimento, através do suporte financeiro de diversos projetos educacionais, caritativos e apostólicos, e tem concentrado a sua ação sobretudo em nações da Europa de Leste e em África.

Desde que iniciou a sua atividade, aquele organismo e os seus membros já distribuiram mais de 121 milhões de dólares a pedido a Santa Sé, por exemplo no apoio à habitação, a instituições hospitalares e educativas e programas pró-vida um pouco por todo o mundo.

É através desses apoios que também, todos os anos, padres, religiosos e leigos católicos de diversas nacionalidades têm a oportunidade de estudar nas Universidades pontifícias, em Roma.

JCP
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com