"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Papa Francisco recorda ligação de São João Paulo II a Fátima


Agência Ecclesia 06 de Abril de 2017, às 10:53        Fatima.pt

Fatima.pt
Por ocasião do 12.º aniversário da morte de Karol Wojtyla, assinalado neste mês de abril


Cidade do Vaticano, 6 abr 2017 (Ecclesia) – O Papa destacou esta quarta-feira, durante a audiência pública no Vaticano, o décimo segundo aniversário da morte de São João Paulo II (1920-2005), e lembrou a sua ligação à mensagem de Fátima.

“Ele propagou pelo mundo as duas grandes mensagens de Jesus Misericordioso e de Fátima. A primeira foi recordada durante o Jubileu Extraordinário da Misericórdia; a segunda, relacionada com o triunfo do Coração Imaculado de Maria sobre o mal, vai ser assinalada durante o Centenário das Aparições em Fátima”, disse Francisco na Praça de São Pedro.

O Papa argentino deixou estas palavras no final da audiência, durante a saudação aos peregrinos de língua polaca, a quem cumprimentou “cordialmente” como “conterrâneos de João Paulo II.

“Nestes primeiros dias de abril recordamos o regresso de São João Paulo II à casa do Pai. Ele foi uma grande testemunha de Cristo, e defensor zeloso do legado da fé”, apontou Francisco, que desafiou todos os cristãos a fazerem também suas as “mensagens” de Misericórdia e de Fátima.

“Para que estas impregnem o nosso coração e possamos abrir as nossas portas a Cristo”, completou o Papa argentino, que vem a Portugal entre os dias 12 e 13 de maio para participar, no Santuário de Fátima, nas comemorações do Centenário das Aparições de Nossa Senhora (1917 – 2017).

Karol Jozef Wojtyla, eleito Papa a 16 de outubro de 1978, assumindo o nome de João Paulo II, nasceu em Wadowice (Polónia), a 18 de maio de 1920, e morreu no Vaticano, a 2 de abril de 2005.

Entre os seus principais documentos, contam-se 14 encíclicas, 15 exortações apostólicas, 11 constituições apostólicas e 45 cartas apostólicas; realizou 104 viagens internacionais, incluindo três visitas a Portugal, em 1982, 1991 e 2000.

O Papa polaco foi beatificado por Bento XVI, seu sucessor, a 1 de maio de 2011 e foi canonizado a 27 de abril de 2014, por Francisco.

A Igreja Católica celebra a memória litúrgica de João Paulo II a 22 de outubro, data que assinala o dia de início de pontificado de Karol Wojtyla, em 1978, pouco depois de ter sido eleito Papa.

Na habitual resenha biográfica que é apresentada no calendário dos santos e beatos, João Paulo II é lembrado pela “extraordinária solicitude apostólica, em particular para com as famílias, os jovens e os doentes, o que o levou a realizar numerosas visitas pastorais a todo o mundo”.

João Paulo II esteve no Santuário de Fátima em 1982, 1991 e, pela última vez, em 2000, altura em que beatificou os videntes Francisco e Jacinta Marto.

Nessas três visitas, sempre no mês de maio, passou ainda por Braga, Coimbra, Lisboa, Porto, Vila Viçosa, Açores e Madeira, somando-se uma escala técnica no aeroporto de Lisboa (2 de março de 1983), a caminho da América Central

A ida a Roma, em outubro 2000, da imagem original de Nossa Senhora de Fátima da Capelinha das Aparições, no Jubileu dos Bispos, consagrando-lhe o terceiro milénio, confirmou a particular ligação do Papa polaco com o santuário da Cova da Iria.

Simbolicamente, a bala que lhe atravessou o abdómen no atentado de 13 de maio de 1981 repousa hoje na mesma imagem da Virgem.

JCP
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com