"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

sábado, 25 de março de 2017

Cáritas Portuguesa assinala 37 anos da morte do Beato Óscar Romero

Agência Ecclesia 25 de Março de 2017, às 10:01      

Antigo arcebispo de El Salvador que «foi assassinado por defender os sem voz e sem lugar»


Lisboa, 25 mar 2017 (Ecclesia) - A Cáritas Portuguesa assinalou a festa em honra do Beato Óscar Romero, antigo arcebispo de El Salvador e um dos padroeiros da organização católica a nível internacional, assassinado a 24 de março de 1980.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, o presidente da Cáritas Portuguesa recorda “um homem que, pela palavra e, sobretudo, pelo testemunho potenciado pelo martírio de que foi alvo, por defender os sem voz e sem lugar, prestigiou a missão da Igreja Católica”.

“Mataram-no para o fazer calar, porque incomodava o poder político, militar e capitalista do seu país”, salienta Eugénio Fonseca.

Óscar Romero nasceu a 15 de agosto de 1917, na localidade de Ciudad Barrios, em El Salvador, e enquanto arcebispo destacou-se não só por uma vida dedicada aos mais pobres, mas como uma voz contrária ao regime que vigorava no seu país, e que “denunciava nas suas homilias dominicais as numerosas violações de direitos humanos em El Salvador”.

Uma figura que sempre “manifestou, publicamente, a sua solidariedade com as vítimas da violência política, no contexto da guerra civil” que devastava o seu país e o seu povo.

Foi por isso, por não se calar perante o avolumar  das vítimas da guerra e da opressão política e militar, que “foi assassinado a 24 de março de 1980 enquanto celebrava a eucaristia, por um atirador de elite do exército salvadorenho”, recorda Eugénio Fonseca.

O presidente da Cáritas Portuguesa destaca uma frase do antigo arcebispo salvadorenho que ficou célebre: “Como pastor, estou obrigado, por mandato divino, a dar a vida pelos que amo, por todos os salvadorenhos”.

“Esta é uma, entre muitas, afirmações que demonstram ter sido um homem e um cristão de coragem, deixando para o mundo e para a Igreja um testemunho de perseverança na luta pelos Direitos Humanos”, assinala aquele responsável.

Eugénio Fonseca lembra ainda outra intervenção de D. Óscar Romero, relacionada com as ameaças que pairavam sobre a sua vida: “Se chegarem a cumprir as ameaças, desde já ofereço a Deus o meu sangue pela redenção e ressurreição de El Salvador”, dizia o então arcebispo de El Salvador.

A morte de D. Óscar Romero levou a “uma onda de protestos pelo mundo e a pressões internacionais, apelando a reformas em El Salvador”.

Em sua honra, a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou em 2010 o dia 24 de março como o Dia Internacional pelo Direito à Verdade acerca das Graves Violações dos Direitos Humanos e à Dignidade das Vítimas.

O arcebispo salvadorenho foi beatificado a 23 de maio de 2015, numa celebração presidida em El Salvador pelo cardeal Angelo Amato, prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, da Santa Sé.

A solenidade, onde foi sublinhada “a memória de Óscar Romero”, que continua “viva dando conforto aso pobres e marginalizados”, foi acompanhada por uma multidão de cerca de 200 mil pessoas.

“Como defensor dos mais pobres e vulneráveis, a Cáritas, em todo o mundo, revê-se no testemunho de Romero e inspira-se na sua ação como promotor de paz. Pela forma como que sempre se manteve firme e como sempre mostrou solidariedade com os injustiçados e vulneráveis, lutando ao seu lado pela justiça e pela liberdade”, refere Eugénio Fonseca.

Para o presidente da Cáritas Portguuesa, “Óscar Romero continua a ser um modelo de vida para todos os homens e mulheres de boa vontade”, um homem cuja morte foi “uma semente de liberdade e sinal de esperança” e que tem de ser exemplo para as dificuldades da humanidade atual.

“Assim será! Basta que cada um dos seres humanos assuma um pouquinho da coragem e esperança de Romero”, conclui aquele responsável.

JCP
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com