"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

terça-feira, 14 de março de 2017

9 sugestões geniais para libertar a sua família da TV

 Aleteia Brasil | Set 11, 2016
Auremar

A televisão, ao longo dos seus mais de 50 anos de existência, se tornou um vício que aprisionou a família e fez com que o diálogo, a criatividade e o compartilhamento de afeto em casa ficassem cada vez mais incomuns. O mesmo problema tem sido intensificado pelo vício em internet, agravado pela facilidade com que ela é acessada por aparelhos portáteis em qualquer lugar e horário.

Mas vamos atacar um problema de cada vez. Aqui vão 9 ideias para se libertar do vício em TV, promovendo uma vida mais sadia, motivando o diálogo e dedicando mais tempo a brincar com as crianças, a pensar, a passear, a conviver… Experimente!

9 ideias para se libertar do vício na TV

1 – Transfira a sua TV para um lugar menos importante na sua casa. Ela não deve ocupar a sala central da casa de jeito nenhum.

2 – Não instale aparelho de TV no quarto de seus filhos. Ela os distancia do contato familiar, não os deixa dormir bem e torna difícil controlar a programação imprópria para menores. Se já existe alguma TV no quarto de seus filhos e você decidir removê-la, compense-os com algo de que eles gostem e que lhes faça bem. Não é preciso criar um trauma desnecessário na tentativa de livrá-los do problema.

3 – Não assista à TV durante as refeições. As refeições são um momento excelente para cultivar o diálogo familiar e devem ser preservadas.

4 – Determine limites claros para programas da TV: meia hora, uma hora… Mas estabeleça as normas de forma positiva. Em vez de dizer “Você não pode ver televisão!”, diga “Você pode ver uma hora de TV e depois vamos fazer uma coisa muito divertida em família”. E façam mesmo!

5 – Não use a TV como babá. Motive os seus filhos a participarem das tarefas domésticas de forma alegre, envolvente.

6 – Fixe dias da semana sem TV e realize “noites de entretenimento familiar”, com brincadeiras, leitura, passeios, conversas, visitas, orações em família…

7 – Não faça da TV um instrumento de recompensa ou castigo, pois isto aumenta ainda mais o seu poder de influência.

8 – Não pague para assistir à TV. Em vez de assinar pacotes de TV, use esse dinheiro para outras atividades familiares, ou para comprar livros e jogos educativos, ou, se realmente fizer questão de assistir a filmes ou séries interessantes, assine um serviço de vídeos online.

9 – Se tudo isso parecer muito difícil, pelo menos abra-se à possibilidade de ir mudando a sua mentalidade aos poucos. Pergunte-se: por que não seria possível ver cada vez menos TV? Quando você conseguir se libertar do vício, vai ficar espantado com a quantidade de tempo que perdeu na vida em vez de desfrutar da sua família, de momentos de criatividade, do amor e de outras formas muito mais saudáveis de entretenimento.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com