terça-feira, 30 de junho de 2015

Áudio no WhatsApp revela música inédita de Cristiano Araújo; ouça

Cantor enviou música acústica para diretor de hospital de Barretos (SP).
Letra traz nos versos declaração apaixonada a amor não correspondido.

Felipe TurioniDo G1 Ribeirão e Franca

Um áudio enviado por WhatsApp pelo cantor Cristiano Araújo, em abril deste ano, revela uma música inédita do artista em formato acústico. A letra da música - ainda sem título - traz em seus versos uma declaração apaixonada a um amor não correspondido. Cristiano Araújo e a namorada Allana Moraes morreram no dia 24, após um acidente de carro, em Goiás. (Ouça a música completa no vídeo exibido pelo Jornal Hoje).
A canção em piano e voz foi enviada para o diretor-geral do Hospital de Câncer deBarretos, Henrique Prata, após a participação de Cristiano Araújo em um show em prol da instituição para a gravação de um DVD, previsto inicialmente para ser lançado no final do ano. “Como fã, eu disse para ele que estava sentindo falta de não ter uma música acústica no trabalho mais recente dele e ele disse que eu não ficaria”, contou Prata sobre o encontro, em 7 de abril.
Segundo o diretor do hospital, Cristiano Araújo mandou o áudio com a música no dia seguinte ao pedido. “Mandou no meu WhatsApp a música que não estava no DVD, 24 horas depois, dizendo ‘essa música é do jeito que você gosta que eu cante’. Esse era ele, uma pessoa extremamente humilde e carinhosa”, afirmou o administrador.
A música traz na letra uma declaração apaixonada após uma desilusão amorosa. “De novo vem pra mim/ É sempre assim/ Até que um dia eu possa me redimir/ Por fim nessa paixão/ E dominar de vez essa ilusão do coração”, diz o refrão da letra.
A Som Livre, gravadora de Cristiano Araújo não informou se a música faria parte de algum novo trabalho do cantor.
Solidariedade
Cristiano Araújo era colaborador do Hospital de Câncer de Barretos, que realiza mais de 4,5 mil atendimentos por dia no interior de São Paulo. Segundo a direção da instituição, o cantor contribuía com uma ajuda anual ao hospital. “Todos os anos ele fazia um grande show, teve um ano que doou R$ 500 mil pra gente, e ele fazia de coração e me cobrava no começo do ano quando eu não pedia uma data para ele”, disse Prata.

De acordo com o hospital, a atitude solidária do cantor começou em 2012, quando Cristiano Araújo visitou a instituição pela primeira vez sem se identificar. “Quando ele já tinha explodido com o DVD, veio fazer um show na Festa do Peão de Barretos e chegou como uma pessoa comum no hospital, de táxi, e quando descobriram que ele era o artista famoso, humildemente disse que o grande sonho dele um dia era poder ajudar esse hospital”, contou o diretor da instituição.
Cristiano Araújo com o diretor-geral do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata (Foto: Fábio Nunes/Porta Voz )Cristiano Araújo com o diretor-geral do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata (Foto: Fábio Nunes/Porta Voz
)

Vaticano diz que Papa é livre para mascar folhas de coca na Bolívia


Folhas são usadas para combater efeitos da altitude no país.
Papa Francisco visitará Equador, Bolívia e Paraguai de 5 a 13 de julho.

Da France Presse

tópicos:
O porta-voz do Vaticano, o padre Federico Lombardi, afirmou nesta terça-feira que o Papa Francisco "é livre" para mascar folhas de coca para combater os efeitos da altitude durante sua viagem à Bolívia, como anunciou o ministro da Cultura do país andino.
"O papa atuará do modo que considerar oportuno. Me parece que é um costume popular para a altitude. Não me confirmou nem negou se vai se adequar a este uso tão popular e eficaz", declarou Lombardi em um encontro com a imprensa para falar sobre a viagem do pontífice ao Equador, Bolívia e Paraguai de 5 a 13 de julho.
Vento tira a mitra da cabeça do Papa Francisco na chegada à audiência geral desta quarta-feira (24) na Praça de São Pedro, no Vaticano (Foto: Tony Gentile/Reuters)Vento tira a mitra da cabeça do Papa Francisco na
chegada à audiência geral desta quarta-feira (24)
na Praça de São Pedro, no Vaticano (Foto: Tony
Gentile/Reuters)
"É como o mate argentino, que normalmente aceita se o oferecem na Praça de São Pedro. É um costume local, como uma água aromática. Vocês sabem que o papa ama compartilhar os costumes locais", disse Lombardi.
Segundo o ministro da Cultura boliviano, Marko Machicao, o papa solicitou "especificamente" mascar coca para combater os efeitos da altitude, quando pousar em 8 de julho no aeroporto de El Alto, que fica mais de 4.000 metros acima do nível do mar.
Lombardi recordou que Francisco visitou estes países quando era arcebispo de Buenos Aires e que se reuniu em outubro de 2014 no Vaticano com o presidente Evo Morales, o primeiro presidente indígena da Bolívia e líder do movimento sindical "cocalero" boliviano, que lutou nas décadas de 80 e 90 contra a erradicação da folha de coca, por considerar o seu uso parte da tradição.
Morales lidera uma campanha internacional a favor da milenar planta, consumida em uma prática ancestral na Bolívia, inclusive em rituais religiosos.
A folha de coca é o principal insumo para a produção de cocaína através de um processo químico. Morales, no entanto, defende que mascar a folha regula a diabetes ou a pressão arterial alta, entre outros benefícios.
veja também

Mais de 30% da Muralha da China desapareceram

Agência Lusa
Mais de 30% da Grande Muralha da China desapareceu ao longo do tempo devido às condições meteorológicas adversas e atividades humanas irresponsáveis, como a retirada de tijolos para construção de casas, noticiou hoje (29) a imprensa local estatal.
Em alguns trechos, o monumento, considerado patrimônio da humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), encontra-se bastante degradado, equivalente a cerca de 9 mil quilômetros. A estimativa é que o comprimento total da muralha seja de 21 mil quilômetros.
A Grande Muralha, construção da Dinastia Ming, não é uma estrutura única, integrada, mas sim uma construção por seções que se estende por milhares de quilômetros a partir de Shanhaiguan, na Costa Leste de Jiayuguan, atravessando as areias do deserto de Gobi.
A construção teve início por volta do século 3 a.C., mas cerca de 6,3 mil quilômetros foram construídos durante a Dinastia Ming, entre 1368 e 1644, incluindo os setores mais visitados ao Norte da capital, Pequim. Desse total, 1.962 quilômetros desapareceram ao longo dos séculos, divulgou a agência AFP citando o jornal Beijing Times.
O turismo e as atividades locais também são fatores que têm contribuído para o desgaste. Os residentes da região de Lulong, no Norte da Província de Hebei, os mais atingidos por dificuldades financeiras, têm o hábito de recorrer aos tijolos da muralha para construírem as suas casas.
Somam-se ainda o hábito de retirarem as "placas que contêm inscrições chinesas para venderem por 4,30 euros por peça", informou a agência citando testemunhos dos residentes, acrescentando que a regulamentação chinesa prevê multas de 5 mil yuan (0,73 euro) para quem praticar semelhantes atos.
"Não existe nenhuma organização específica para garantir o cumprimento da lei", e, quando os atos ocorrem e as autoridades são chamadas, é difícil resolver a questão já que existem zonas situadas entre fronteiras, e por isso com diferentes jurisdições, declarou uma representante da proteção oficial de Relíquias e da Cultura, Jia Hailin.
"A exploração [turística] das seções incompletas da Grande Muralha, uma atividade popular em crescimento nos últimos anos, tem atraído mais turistas do que é possível comportar, originando um desgaste ainda maior", acrescentou.
Fonte: www.agenciabrasil.ebc.com.br

Encontro mundial dos Movimentos Sociais será concluído pelo Papa

 Agência Fides
Já são 900 os participantes que confirmaram sua presença no Encontro mundial dos Movimentos Sociais, que se realizará em Santa Cruz, na Bolívia, de 7 a 9 de julho de 2015. A nota enviada a Fides por uma fonte local refere que o encontro será aberto pelo Card. Peter Turkson, Presidente do Pontifício Conselho da Justiça e da Paz, discastério que é um dos promotores da iniciativa.
Os representantes das numerosas agregações, não somente católicas, que compreendem as diversas realidades sociais, debaterão o tema "O futuro dos movimentos sociais a favor do meio ambiente". As conclusões serão entregues ao Santo Padre Francisco, que participará do encerramento do Encontro, pois se encontrará na Bolívia para uma visita pastoral de 8 a 10 de julho.
O grupo das delegações internacionais é numeroso, entre os quais se contam 250 delegados da Argentina, 250 do Brasil, 50 do Chile, 10 da Colômbia, 3 da Costa Rica, 2 do Haiti, 2 da República Dominicana, 40 do Equador, 1 de El Salvador, 4 da Índia, 2 da Itália, 2 do Quênia, 5 do México, 2 dos Estados Unidos.
Fonte: www.fides.org

Primeira consultoria feminina ganha vida no Vaticano

 Rádio Vaticano
O Pontifício Conselho para a Cultura promoveu uma Consultoria Permanente formada somente por mulheres. O organismo reuniu-se pela primeira vez na última terça-feira, dia 23 de junho. Nossa colega do Programa alemão, Gudrun Sailer, entrevistou o Cardeal Gianfranco Ravasi sobre os objetivos da nova e inédita iniciativa.
"Os objetivos são, substancialmente, de dois gêneros: por um lado - e este é o fundamental - convidar as mulheres a oferecer, com o seu olhar e interpretação pessoal, um juízo sobre todas as atividades do dicastério.
Portanto, não se trata de uma consultoria decorativa. A segunda dimensão a que nós queremos chegar é a de ter, por meio das mulheres, a sugestão de levar-nos além, em terras incógnitas, isto é, em novos horizontes... Pois, aqui somos todos homens, não temos um oficial que seja mulher e as mulheres têm somente funções do tipo administrativo e de secretaria. Justamente por este motivo, queremos pedir às mulheres para indicar também percursos que nunca tenhamos percorrido".
RV: Então, se poderia dizer que seja realmente inovadora a instituição de uma consultoria voltada ao feminino...
"É inovadora justamente neste sentido, porque não quer simplesmente ter também vozes femininas. Eu sou substancialmente cético sobre a tese da 'cor rosa'. Estou mais convencido de que seja absolutamente necessária uma presença, e uma presença relevante, que não somente dê vagamente uma cor, mas que entre, pelo contrário, no mérito das questões, também com a sua capacidade crítica".
RV: Vimos este núcleo, este primeiro núcleo que reuniu-se pela primeira vez aqui na sede do dicastério. Quais são os passos seguintes?
"Eu gostaria um pouco de descrever esta primeira reunião, que ocorreu naturalmente a partir de uma manifestação de todas as mulheres presentes, que - justamente por meio desta apresentação, não meramente biográfica - já deram uma mexida em nós que assistíamos, mas também nelas mesmas, pois cada uma se recontou, não somente do ponto de vista profissional, mas também do ponto de vista humano. Portanto, esta já é uma contribuição também para nós: ouvir, isto é, as experiências existenciais. Eu propus um exemplo a partir do qual se poderia iniciar. Eu tenho ao menos sete, oito atividades dentro de meu dicastério que gostaria que fossem julgadas, interpretadas, apoiadas pelas mulheres. Uma destas, a primeira, é talvez, aparentemente, somente aparentemente, marginal: a do esporte. O esporte, de fato, tornou-se uma espécie de ‘esperanto dos povos' e é também um dos fenômenos nos quais mais se reflete a figura do homem e da mulher, do bem no jogo, na riqueza, na fantasia, mas também na degeneração. Pensemos o que é o doping, a corrupção, a violência nos estádios, o racismo e assim por diante. Este, portanto, foi o primeiro exemplo. Nós gostaríamos agora de continuar, de etapa em etapa, com dois percursos: de um lado, ampliar este grupo, e de outro, solicitar o juízo delas sobre uma série de outros temas que temos já prontos".
RV: As componente do grupo devem ser todas católicas?
"Atualmente a totalidade, acredito, seja de mulheres católicas. Na verdade, justamente o tema, que apareceu de imediato, foi não somente o da dimensão ecumênica, mas também o da dimensão inter-religiosa. E eu coloquei uma terceira dimensão: não somente os fieis, os diversamente crentes, mas também os não-crentes. Eu tenho intenção, portanto, de introduzir também mulheres que não tenham nenhuma fé religiosa explícita".
RV: Seria pensável formar grupos deste gênero, de consultoria feminina, em outros dicastérios da Cúria romana?
"Isto eu pensaria como um desejo, porque o Papa Francisco insistiu sobre isto, fez frequentes declarações nesta linha, reconhecendo que a presença das mulheres na Cúria vaticana é ainda muito exígua. Isto deve ocorrer, na minha opinião - como disse uma vez o Papa Francisco - não somente na via funcional, isto é, não segundo a mentalidade clerical, para a qual a presença é somente se tu consegues ter uma função do tipo sacerdotal, do tipo dicasterial, ou seja, funções que sejam substancialmente ainda aquelas que foram codificadas pelos homens. Seria preciso ter grande criatividade e eu espero que sejam criados ministérios, funções, responsabilidades que sejam primorosamente femininas. Devemos recordar também, como frequentemente citado pelo Papa Francisco, que a figura de Maria é mais relevante do que aquela dos Cardeais e aquela dos próprios bispos. Por este motivo, eu acredito que deva vir uma revolução, uma evolução em nível teórico, antes de tudo, isto é, de mentalidade, de teologia e, em nível prático, certamente, tendo presente, porém, sempre esta observação: que não devemos considerar o modelo masculino, que até agora construiu, também legitimamente, as funções, os ministérios dentro da Igreja, como o modelo a ser imitado, o único exclusivo".
Fonte: br.radiovaticana.va

Exposição sobre 'Mickey Mouse' chega a Pequim

No Museu Nacional da China visitantes foram recebidos com cenas de "Steamboat Willie".

Mickey Mouse, ícone cultural americano, chegou nesta terça-feira à Praça da Paz Celestial (Tiananmen) de Pequim, o coração simbólico do Estado chinês, com a abertura de uma exposição a poucos metros do mausoléu do líder comunista Mao Tsé-Tung.
Na entrada do Museu Nacional da China, na mesma área em que manifestantes pediram democracia em 1989, os visitantes eram recebidos com cenas de "Steamboat Willie", o curta-metragem de 1928 que é considerado como a estreia do personagem mais conhecido da Disney.
Alguns visitantes consideraram que o título da mostra, "Desenhado a Partir da Vida: A Arte da Disney Animation Studios", tem pouca relação com sua experiência.
"Estes filmes refletem valores americanos e sua ética é muito diferente da que nos ensinam os desenhos animados na China", afirmou a estudante de animação Ling Kewen, de 25 anos.
Os desenhos modernos chineses são cópias animadas de contos antigos, com poucas ou nenhuma alteração a respeito da história original para atrair audiências jovens, lamentou a estudante, para quem a animação americana estimula a criatividade, a coragem e o amor.
"Mas seus valores de alguma forma já são universais, por causa do imperialismo cultural americano", afirmou sua amiga, Ouyang Lihai, de 24 anos.
Apesar da censura e das cotas para filmes estrangeiros na China, os longas-metragens de animação americanos geralmente têm exibição garantida nas salas de cinema do país comunista.
AFP

Autor de atentado na França tinha vínculo com o EI

O homem que decapitou na sexta-feira uma pessoa e atacou uma fábrica na França tinha "motivação terrorista" e estava vinculado ao grupo jihadista Estado Islâmico (EI), afirmou a promotoria de Paris.
"A investigação dá a entender uma motivação terrorista no gesto de Yassin Salhi, ainda que justificado por considerações pessoais", disse o promotor François Molins.
Ele também destacou que Salhi, detido logo depois do ataque, havia enviado fotos da decapitação a um francês que está na Síria, com um pedido para que o EI divulgasse as imagens.
O atentado cometido por Salhi "corresponde exatamente às determinações do Daesh (acrônimo em árabe do EI)", ou seja, matar "infiéis", declarou Molins, que comparou a tentativa de explodir a usina de gás a uma "operação mártir" praticada pelos jihadistas.
Segundo o promotor, Salhi mantinha contato com frequência com um francês que está na Síria, identificado como "Younes", e enviou a este uma selfie com a cabeça de seu chefe, que decapitou antes do ataque contra a usina.
O suspeito explicou que os atos foram motivados por um conflito com o chefe e uma disputa conjugal. Segundo ele, a motivação foi puramente pessoal.
"Na realidade, uma coisa não exclui a outra e a escolha de matar uma pessoa pela qual sentia aversão não exclui uma motivação terrorista", afirmou o promotor.
Salhi colocou a cabeça da vítima na cerca da usina de gás, ao lado de bandeiras com frases muçulmanas, que ele disse ter comprado na véspera do ataque, segundo Molins.
O promotor também revelou um "testemunho indireto", segundo o qual Younes teria "solicitado a autorização do EI para divulgar a selfie".
O autor do ataque afirmou aos investigadores que não lembrava do fato de ter colocado a cabeça na cerca e nem do envio da foto.
"Todo seu comportamento demonstra que, a partir da véspera, ele havia idealizado seu projeto criminosos terrorista", afirmou o promotor.
AFP

Manifesto pede proteção para 475 espécies

A lista inclui várias espécies de interesse comercial, que correm risco de colapso a curto prazo.

Documento pede a manutenção da Portaria 445/2014 do MMA.
Um manifesto assinado por 100 redes, organizações, entidades e especialistas em recursos marinhos e de água doce exige a proteção de 475 espécies aquáticas que atualmente estão sem qualquer tipo de proteção ou manejo. O documento pede a manutenção da Portaria 445/2014 do Ministério do Meio Ambiente (MMA), que define a Lista Nacional de Espécies de Peixes e Invertebrados Aquáticos Ameaçados de Extinção e foi suspensa há duas semanas por decisão judicial, deixando as espécies de água doce e salgada completamente desprotegidas. A lista inclui várias espécies de interesse comercial, que continuarão sendo alvo de pesca excessiva, capturas acidentais e destruição de habitat, correndo risco de colapso a curto prazo, o que coloca em risco inclusive a atividade pesqueira.
Assinam o manifesto sociedades científicas como a Sociedade Brasileira de Carcinologia (que reúne especialistas em crustáceos), Sociedade Brasileira para o Estudo dos Elasmobrânquios (tubarões e raias), Sociedade Brasileira de Ictiologia (peixes ósseos) e Sociedade Nordestina de Ecologia. O documento é apoiado ainda por redes e organizações da sociedade civil e da pesca artesanal, além de especialistas; novas adesões são esperadas ao longo da semana. Além do manifesto, as organizações estudam recorrer à Justiça contra a suspensão. A Fundação SOS Mata Atlântica também aderiu à iniciativa.
A ação contra a Portaria 445/2014 foi impetrada por entidades ligadas ao setor pesqueiro industrial – Conselho Nacional de Pesca e Aquicultura, Federação Nacional dos Engenheiros de Pesca do Brasil e Confederação Nacional dos Pescadores e Aquicultores –, mas havia sido indeferida pela 9ª Vara da Justiça do Distrito Federal. Os autores recorreram e o desembargador Jirair Aram Meguerian, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região, acatou o recurso e suspendeu temporariamente os efeitos da Portaria. A decisão foi tomada com base em suposto conflito de competências entre o MMA e o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) na conservação e manejo de recursos pesqueiros.
Suspensão é retrocesso
O manifesto lembra que a Lista de Espécies Ameaçadas é resultado de um trabalho criterioso de cinco anos, envolvendo mais de 1.300 especialistas, e que este é um instrumento legal previsto na Política Nacional da Biodiversidade, coordenada pelo MMA. A suspensão, segundo o documento, contraria o “direito fundamental ao meio ambiente ecologicamente equilibrado”, garantido pelo artigo 225 da Constituição Federal, além de outras leis e regulamentos vigentes.
Um parecer elaborado pela rede Oceana a partir do marco legal nacional de meio ambiente, anexo ao manifesto, demonstra que não há conflito de competência entre o MMA e o MPA, argumentando que espécies ameaçadas não se enquadram na categoria de recurso pesqueiro e que a legislação considera crime a pesca de peixes ameaçados de extinção, sem autorização específica.
Além de deixar espécies ameaçadas pela pesca excessiva, não manejada, não monitorada e não fiscalizada, a suspensão da Portaria 445/2014 retira a proteção ambiental de espécies aquáticas ameaçadas pelo impacto de outras atividades além da pesca, como a extração de petróleo e gás, construção de hidrelétricas, destruição de habitats (como, por exemplo, os manguezais) e outras.
O manifesto pede ainda a retomada imediata da coleta de dados e do monitoramento pesqueiro, a criação dos Comitês Permanentes de Gestão da Pesca, e a implementação urgente de medidas de ordenamento de pesca, tais como planos de recuperação e manejo de base científica. Tais medidas são necessárias para resgatar a abundância dos mares e rios brasileiros e assegurar os benefícios econômicos futuros de atividades como turismo e pesca, bem como a segurança alimentar e os futuros empregos no setor pesqueiro, que dependem da recuperação das populações de peixes ameaçados para continuar a existir.
Manifesto está aberto a novas adesões.
Organizações e especialistas interessados em apoiar a iniciativa podem enviar mensagem com nome/nome do responsável e instituição para brasil@oceana.org.
SOS Mata Atlântica, 24-06-2015.

Brasil promete eliminar o desmatamento ilegal

Brasil quer restaurar e reflorestar 12 milhões de hectares de floresta até 2030
O Brasil prometeu nesta terça-feira (30), em Washington, restaurar e reflorestar 12 milhões de hectares de floresta até 2030 e adotar políticas para eliminar o desmatamento ilegal. O Brasil possui atualmente 7,1 milhões de florestas plantadas. As medidas integram declaração sobre mudança climática fechada com os Estados Unidos e anunciada hoje pelos presidentes Dilma Rousseff e Barack Obama. Os dois países se comprometerem a elevar a 20% a participação de fontes renováveis em sua matriz energética - sem considerar hidrelétricas. O porcentual de energias renováveis na matriz energética americana é de 12,9%.
Apesar de ambicioso, o documento não traz metas específicas de redução de emissões por parte do Brasil, algo que os americanos gostariam de ver. Mas as iniciativas terão o efeito de diminuir o impactos das emissões, na medida em que elevam a captura de carbono na atmosfera.
"Os presidentes reiteraram o chamado por um resultado exitoso na Conferência de Paris sobre Mudança do Clima, no fim do ano", diz a declaração. A reunião definirá os novos compromissos globais com o objetivo de evitar que a temperatura do planeta suba mais do que 2º C.
O combate à mudança climática é uma prioridade para Obama, que pretende deixar um legado nessa área quando sair da Casa Branca, em 2017. No ano passado, Estados Unidos e China fecharam acordo no qual apresentaram metas concretas de redução de emissões. Na declaração de ontem, o Brasil se comprometeu a adotar reduções ambiciosas, mas não especificou números. O governo Dilma pretende apresentar seus compromissos no âmbito da negociação da Conferência de Paris, que tem um caráter multilateral.
A presidente Dilma Rousseff chegou à Casa Branca por volta das 11h30, para a reunião de trabalho com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela foi recebida no Salão Oval.
Agência Estado

Papa encontrará Raúl Castro em viagem

Itinerário inclui paradas em Havana, onde se encontrará com Raúl em 20 de setembro.

Por Philip Pullella
O papa Francisco vai discursar em uma sessão conjunta do Congresso dos Estados Unidos, o primeiro papa a fazê-lo, em sua viagem de 19 a 27 de setembro para Cuba e os EUA, e encontrará o presidente cubano, Raúl Castro, em Havana, informou o Vaticano nesta terça-feira.
O itinerário inclui paradas em Havana, onde se encontrará com Raúl em 20 de setembro, Holguin e Santiago em Cuba, antes de seguir para Washington, Nova York e Filadélfia. Ele se encontrará com o presidente dos EUA, Barack Obama, em 23 de setembro na Casa Branca.
Sob Francisco, o primeiro papa da América Latina, o Vaticano mediou no ano passado a retomada dos laços diplomáticos entre Washington e Havana após mais de meio século.
Em Nova York, ele falará na Organização das Nações Unidas (ONU), participará de um serviço inter-religioso no Marco Zero, local do ataque de 11 de setembro de 2001 ao World Trade Center, e se encontrará com imigrantes e seus filhos em uma escola no Harlem.
Ele passará os dois últimos dias da viagem na Filadélfia para encerrar o Encontro Mundial de Famílias, um evento católico internacional que acontece em uma cidade diferente a cada três anos. Ele também visitará a prisão Curran-Fromhold.
Francisco viaja no domingo para o Equador, Bolívia e Paraguai.
Reuters

Avião militar cai na Indonésia e mata dezenas

Hércules do Exército indonésio caiu em área residencial.
Nº de mortos não é definitivo e deve aumentar, segundo imprensa local.

Do G1, em São Paulo

Pelo menos 49 pessoas morreram nesta terça-feira (30) depois que um avião de transporte, do tipo Hércules, do Exército da Indonésia, caiu em uma área residencial da cidade de Medan, na ilha de Sumatra, cerca de dois minutos após a decolagem, segundo a Reuters. O número de mortos ainda não é definitivo.
As equipes de emergência retiraram os corpos dos destroços do avião e da área de queda, onde o acidente provocou um incêndio, informou o chefe de polícia de Medan, Mardiaz Dwihananto.
Ainda não se conhece o número de pessoas atingidas em solo.
Forças de segurança e equipes de resgate examinam os destroços de um avião militar indonésio C-130 Hercules após queda em uma área residencial na cidade de Medan, na Indonésia. Pelo menos 38 pessoas morreram no acidente (Foto:  Roni Bintang/Reuters)Forças de segurança e equipes de resgate examinam os destroços de um avião militar indonésio C-130 Hercules após queda em uma área residencial na cidade de Medan, na Indonésia (Foto: Roni Bintang/Reuters)
Avião caiu em área residencial (Foto: Gilbert Manullang / AP Photo)Avião caiu em área residencial (Foto: Gilbert Manullang / AP Photo)
Segundo o Exército local, o avião transportava 113 pessoas, incluindo 12 tripulantes.
"Eu vi o avião que saiu do aeroporto e já estava inclinado. Depois vi a fumaça que soltava", relatou à AFP Januar, morador da região.
Uma hélice do avião militar indonésio C-130 é vista sobre o telhado de um prédio após queda do avião em Medan, no norte da ilha de Sumatra, na Indonésia (Foto: Roni Bintang/Reuters)Uma hélice do avião militar indonésio C-130 é vista sobre o telhado de um prédio após queda do avião em Medan, no norte da ilha de Sumatra, na Indonésia (Foto: Roni Bintang/Reuters)
Bombeiros e militares inspecionam o local de queda de uma aeronave indonésia. (Foto: Gilbert Manullang / AP Photo)Bombeiros e militares inspecionam o local de queda de uma aeronave indonésia. (Foto: Gilbert Manullang / AP Photo)
O avião havia decolado às 12h08 (2h08 de Brasília) de uma base militar e caiu na cidade dois minutos depois, a apenas cinco quilômetros de distância da base, segundo o porta-voz do Exército, Fuad Basya.
A imprensa local informa que o Hércules caiu sobre um hotel e várias casas.
Outros casos
A Indonésia tem um histórico de problemas em termos de segurança aérea militar e civil.
Em abril, um caça F-16 pegou fogo no momento da decolagem em uma base militar de Jacarta, o que obrigou o piloto a ejetar-se em voo para salvar a vida.
Em dezembro do ano passado, um avião da companhia AirAsia sofreu uma avaria quando sobrevoava o mar de Java com destino a Cingapura. A queda provocou a morte das 162 pessoas a bordo.
Destroços da aeronave (Foto: Gilbert Manullang / AP Photo)Destroços da aeronave (Foto: Gilbert Manullang / AP Photo
)

Wagner Moura fala do receio de viver Pablo Escobar em 'Narcos', do Netflix

Ator ganhou 20 quilos e aprendeu a falar espanhol para interpretar traficante.
'Não tinha nada a ver', diz ele sobre papel em série que estreia 28 de agosto.

Cesar SotoDo G1, em São Paulo

Não é exagero afirmar que Pablo Escobar é uma das figuras mais importantes da história da Colômbia. Ao comandar 80% do comércio mundial de cocaína durante os anos 1980, ele figurou na lista inaugural de bilionários da revista “Forbes” em 1987, e é considerado até hoje como o traficante mais rico da história. Se tais motivos não fossem suficientes para causar receio a qualquer ator com o desafio de interpretá-lo, Wagner Moura somou outros itens à lista ao viver o personagem na série “Narcos”, que estreia no Netflix no dia 28 de agosto. Assista ao vídeo com a entrevista acima.
Na produção que marca seu reencontro com o diretor José Padilha, com quem trabalhou nos dois filmes de “Tropa de elite” (2007 e 2010), Moura aparece 20 quilos mais gordo, interpretando em um idioma que não falava até cinco meses antes do início das gravações.
Não fosse a participação do cineasta, responsável pela criação da série, o antigo capitão Nascimento talvez nunca tivesse passado para o outro lado da lei. “Eu não era colombiano, eu era muito magro, não falava espanhol. Não tinha nada a ver”, conta o ator ao G1. “Tinha a ver a loucura do José Padilha de achar que esse era o ator. Então, quando o Zé me chamou, eu pensava só em não decepcioná-lo.”
Pablo Escobar e sua versão interpretada por Wagner Moura na série 'Narcos' (Foto: Divulgação)Pablo Escobar e sua versão interpretada por Wagner Moura na série 'Narcos' (Foto: Divulgação)
Apesar de sua carreira criminosa, Escobar nunca se poupou do olho público e, por causa de seu sonho de um dia chegar à Presidência da Colômbia, nunca evitou dar entrevistas. Tamanho material disponível serviu como uma faca de dois gumes para o ator, que estudou seus maneirismos e incluiu muitas de suas falas diretamente nas cenas.
“Isso é outro complicador. Quando você faz um personagem que existiu de verdade, é inevitável as pessoas olharem e compararem”, avalia Moura.
Para se preparar para o papel, Moura viajou a Medellín, região que serviu como base do cartel comandado por Escobar, antes mesmo de ser contratado pelo Netflix. “Isso é uma coisa que me dá muita satisfação. Cada vez mais os projetos são curto prazo”, afirma o ator.
“Eu gosto muito desses processos que são longos. E esse do ‘Narcos’ eu tive tempo para construir o personagem, ver como era o corpo dele, a coisa da barriga, sabe? O que tá aí é o que a gente queria fazer.

Pe. Geovane Saraiva na Revista digital mais completa do Brasil

http://domtotal.com/pesquisar.html?cx=012259053967918215205%3A5hjxysyg8bg&ie=UTF-8&cof=FORID%3A11&q=padre+geovane+saraiva ...