Marco Aurélio Diz Que Moro Tinha Obrigação De Atender Desembargador Do TRF4

LAVA JATO NÃO RESPEITA NINGUÉM
Por Redação Click Política  Em 8 jul, 2018

Jornal GGN – O ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello disse em entrevista à rádio Bandeirantes, nesta quinta (8), que “o Judiciário está organizado em patamares e evidentemente uma decisão de um Tribunal se sobrepõe à de primeira instância.”

A manifestação do ministro ocorre no momento em que o juiz Sergio Moro decidiu não obedecer uma ordem do desembargador Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que mandou soltar o ex-presidente Lula ainda neste domingo (8).

Apesar da manifestação sobre a hierarquia no Judiciário, Marco Aurélio não quis comentar o caso de Lula. Do exterior, ele disse: “Vamos aguardar”.

Sentindo-se contrariado, Moro acionou a cúpula do TRF-4, que o orientou a remeter o caso para o desembargador João Gebran Neto – que costuma avalizar as decisões do juiz de Curitiba.

Dessa forma, Gebran já mandou cancelar o alvará de soltura de Lula.

Redação Click Política

Comentários