"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Papa recorda 300 anos de Nossa Senhora Aparecida e reza pelo Brasil


Agência Ecclesia 11 de Outubro de 2017, às 09:26       
Francisco fala em «momento difícil» para o país lusófono

Cidade do Vaticano, 11 out 2017 (Ecclesia) – O Papa assinalou hoje no Vaticano os 300 anos de Nossa Senhora de Aparecida, que se celebram esta quinta-feira, e rezou pelo Brasil, falando num “momento difícil” para o país.

“A história dos pescadores que encontraram no Rio Paraíba do Sul o corpo e depois a cabeça da imagem de Nossa Senhora, e que foram em seguida unidos, lembra-nos que neste momento difícil do Brasil, a Virgem Maria é um sinal que impulsiona para a unidade construída na solidariedade e na justiça”, declarou, durante a audiência pública semanal, na Praça de São Pedro.

Francisco tinha-se dirigido em particular aos peregrinos brasileiros presentes no Vaticano, que responderam à saudação, cantando: “Dai-nos a bênção, oh Mãe querida, Nossa Senhora Aparecida”.

Em abril, o Papa Francisco enviou uma carta “pessoal” ao presidente do Brasil, Michel Temer, em resposta ao convite do chefe de Estado para visitar o país em 2017, por ocasião dos 300 anos de Aparecida, na qual Francisco fazia referência aos problemas sociais brasileiros e justificava impossibilidade de visitar este santuário mariano em 2017.

Francisco nomeou o cardeal Giovanni Battista Re como seu legado para as celebrações do terceiro centenário do encontro da imagem de Nossa Senhora de Aparecida, padroeira do Brasil.

O enviado especial entregou, em nome do pontífice, uma Rosa de ouro como símbolo da devoção do pontífice “à rainha do Brasil e do seu afeto ao povo brasileiro”.

O Papa Francisco esteve no Santuário de Aparecida em julho de 2013.

O legado pontifício vai presidir à Missa Solene deste 300.º aniversário, no dia 12 de outubro.

O Santuário de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, considerado o maior dedicado a Maria, localiza-se no Vale do Paraíba, no eixo Rio de Janeiro – São Paulo – Minas Gerais.

A imagem ali venerada foi encontrada em 1717 por três pescadores, que no porto de Itaguaçu viram nas suas redes o corpo de uma estátua partida, na altura do pescoço e, num segundo momento, a cabeça: juntando as duas partes, viu-se que se tratava da Senhora da Conceição.

Por assim ter aparecido, o povo chamou-a de ‘Aparecida’, nome consagrado pela devoção popular, que a levou a ser proclamada rainha (1904) e padroeira do Brasil (1930), sendo o santuário declarado de âmbito nacional (1984).

João Paulo II visitou Aparecida em 1980 e Bento XVI em 2007.

OC
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com