"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Papa Francisco visita túmulo do Beato Paulo VI no aniversário de sua morte

Por Álvaro de Juana
Papa Francisco reza diante do túmulo do Beato Paulo VI. Foto: L'Osservatore Romano

VATICANO, 07 Ago. 17 / 09:30 am (ACI).- O Papa Francisco rezou diante do túmulo do Papa Paulo VI no domingo, 6 de agosto na Basílica de São Paulo por ocasião dos 39 anos de sua morte. Ele permaneceu no local durante alguns instantes orando e recordando a figura do Pontífice.

O túmulo está embaixo da Basílica, nas galerias subterrâneas nas quais também existem algumas capelas onde são celebradas Missas diariamente.

O Papa beato

Paulo VI é recordado como um homem brilhante e profundamente espiritual, humilde, reservado e gentil, um homem de “infinita cortesia”. É o autor da carta encíclica Humanae Vitae sobre a regulação da natalidade a responsabilidade dos pais para com seus filhos, assim como a transmissão da vida, e que se tornou de grande importância para a Igreja.

Foi o primeiro Papa a visitar os cinco continentes. Seu destacado pensamento se reflete em suas mensagens, cartas, discursos pronunciados entre outros.

Além disso, é lembrado por fomentar os diálogos ecumênicos. Na história da Igreja, deixou marcas com tantas ações, como sua exitosa conclusão do Concílio Vaticano II, assim como sua rigorosa Cúria Romana, o discurso ante a Organização das Nações Unidas em 1965.

Também entre seus escritos, há sua encíclica Populorum Progressio, de 1967 e, em 1971, sua carta de caráter social, Octogesima Adveniens, e sua exortação apostólica Evangelii Nuntiandi.

O Papa Paulo VI morreu no dia em que se celebra a Festa da Transfiguração do Senhor, em 6 de agosto de 1978.

No dia 11 de maio de 1993, no pontificado de São João Paulo II, deram início ao processo diocesano de beatificação do Servo de Deus Paulo VI e, em 20 de dezembro de 2012, publicaram o decreto da Congregação para as Causas dos Santos no qual reconheciam suas virtudes heroicas reconhecidas pelo então Papa Bento XVI, hoje Sumo Pontífice Emérito.

O Papa Francisco aprovou em maio de 2014 sua beatificação e a cerimônia aconteceu em 19 de outubro do mesmo ano, no Vaticano, e contou com a presença de Bento XVI.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com