"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

terça-feira, 25 de julho de 2017

Janot parabeniza Dodge e diz que fará uma 'transição clara' na PGR

Procurador-geral da República e sua sucessora participaram de sessão do Conselho Superior do Ministério Público. Mandato de Janot termina em setembro.
Por Mariana Oliveira, TV Globo, Brasília

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na abertura da reunião do Conselho Superior do Ministério Público Federal, em Brasília. Janot parabenizou sua sucessora, Raquel Dodge (ao fundo), pela indicação ao cargo e afirmou que atuará para uma transição clara (Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)
  O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na abertura da reunião do Conselho Superior do Ministério Público Federal, em Brasília. Janot parabenizou sua sucessora, Raquel Dodge (ao fundo), pela indicação ao cargo e afirmou que atuará para uma transição clara (Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

No início da sessão do Conselho Superior do Ministério Público nesta terça-feira (25), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, parabenizou Raquel Dodge pela indicação ao cargo e afirmou que atuará para uma transição "clara", que permita a continuidade dos trabalhos.
Dodge foi escolhida pelo presidente Michel Temer para comandar a Procuradoria Geral da União pelos próximos dois anos. Ela assumirá o posto em setembro, quando termina o mandato de Janot.
Primeira mulher à frente da PGR, ela vai herdar do antecessor a condução das investigações da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), que investiga políticos com foro privilegiado.
Na fala dirigida a Dodge, Janot disse ainda que tem "as melhores expectativas" com relação ao trabalho da nova procuradora-geral.
"Gostaria de parabenizar colega Raquel Dodge pela indicação ao cargo de procuradora-geral da República. Será a primeira mulher a comandar o Ministério Público. Temos as melhores expectativas, conhecemos o trabalho e desejamos todo sucesso para o mandato que se inicia em 18 de setembro. Quero reafirmar que a Procuradoria Geral da República se põe à disposição da nova administração para transição mais clara, objetiva e que permita a continuidade dos trabalhos do Ministério Público Federal", afirmou Janot.
Após a fala de abertura da sessão, o Conselho Superior do MPF aprovou a prorrogação, por mais seis meses, da atuação da Força Tarefa do Rio de Janeiro. A prorrogação atinge cinco procuradores.

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com