"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Acusados dois gestores da Fundação Bambino Gesú por desvio de fundos

Fachada da Basílica de São Pedro. Foto: ACI Prensa

Vaticano, 13 Jul. 17 / 06:00 pm (ACI).- O Tribunal do Estado da Cidade do Vaticano julgará dois importantes gestores da Fundação Bambino Gesú por, supostamente, ter desviado fundos de tal instituição do Vaticano em benefício do empresário italiano Gianantonio Bandera, responsável pela reforma do apartamento destinado ao Secretário de Estado emérito, Cardeal Tarcisio Bertone.

Os acusados são o presidente da Fundação Bambino Gesú, Giuseppe Profiti, e o tesoureiro desta instituição vaticana responsável pela administração do Hospital Bambino Gesú, Massimo Spina. Os acusados e seus advogados foram notificados pelo Tribunal depois da conclusão da fase instrutória do procedimento.

No decreto de citação foi assinalado que tanto Profiti como Spina foram acusados ??por ter “utilizado de forma ilícita, em benefício do empresário Bandera, o dinheiro pertencente à Fundação Bambino Gesú”.

De acordo com o decreto, os acusados “tinham acesso ao dinheiro devido às funções que realizavam”. Especificamente, o decreto afirma que “destinaram para fins completamente extra institucionais 422.005,16 euros (US$ 480.600,58) utilizados na realização de obras de reforma em um imóvel de propriedade do governo, destinado à residência do Secretário de Estado emérito, em favor da empresa de Gianantonio Bandera”.

O decreto estabelece a data do julgamento em 18 de julho de 2017, às 10h (hora de Roma), e nele, o Tribunal adverte que, caso não compareçam, os acusados serão julgados por “contumácia”.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com