"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Igreja Católica Russa Bizantina pede ao Papa seu próprio Bispo

domtotal.com
Igreja Católica Russa Bizantina pede ao Papa seu próprio Bispo.jpg
A Igreja Católica Russa Bizantina realiza seu primeiro Sínodo em um século, convocando na Itália aos principais líderes da que constitui uma das Igrejas de rito oriental em plena comunhão com a Santa Sé menor do mundo, com menos de 30 mil membros. Devido a seu pequeno tamanho, os representantes desta Igreja renovaram sua petição ao Papa de uma graça que lhes ajudaria a fortalecer-se: poder ter seu próprio Bispo.

Igreja Católica Russa Bizantina pede ao Papa seu próprio Bispo.jpg "O que está em jogo é a sobrevivência da Igreja Católica Russa", declarou ao Wall Street Journal o Padre Lawrence Cross, sacerdote desta igreja que exerce seu ministério em Melbourne, Austrália. "Uma das coisas essenciais que necessitamos para sobreviver, como qualquer Igreja ou família, é um pai". Contar com um Bispo próprio e meios suficientes para formar aos seus próprios sacerdotes representam os principais desafios desta Igreja, os quais já foram expostos à Congregação para as Igreja Orientais.
Os católicos russos de rito bizantino expressaram sua preocupação pela influência do Patriarcado Ortodoxo de Moscou, o qual poderia tentar pressionar a Igreja para evitar uma nomeação deste tipo. O Patriarcado não se opõem ao ministério da Igreja Católica com os fiéis de ascendência alemã ou polonesa, "mas se Roma nomeia alguém para liderar aos católicos etnicamente russos, os ortodoxos russos enlouqueceriam", explicou à WSJ o Padre Ronald Robertson, conselheiro da Conferência de Bispos Católicos dos Estados Unidos. O último Bispo foi Dom Andrei Katkov, que faleceu em 1996.

A maioria dos católicos bizantinos russos residem fora da Rússia e os que habitam seus países de origem dependem de um Bispo de rito latino na Sibéria. Cerca de 900 mil católicos de rito latino habitam na Rússia e sua procedência é majoritariamente alemã ou polonesa. A Santa Sé buscou uma progressiva aproximação aos ortodoxos desde 1965 e o Papa Francisco é o primeiro Pontífice a encontrar-se com o Patriarca de Moscou, registrado em 2016.


Gaudium Press
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com