"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

terça-feira, 6 de junho de 2017

Brasil terá o primeiro trecho do Caminho de Santiago de Compostela na América

Por Natalia Zimbrão
Santiago de Compostela (Espanha) / Foto: Wikipédia (CC-BY-SA-3.0)

FLORIANÓPOLIS, 06 Jun. 17 / 08:00 am (ACI).- A partir deste mês de junho, o Caminho de Santiago de Compostela terá o seu primeiro trecho no continente americano reconhecido pela Catedral de Santiago e oficialmente integrado ao trajeto histórico, o qual será inaugurado em Florianópolis (SC).

O projeto deste Caminho Brasileiro foi idealizado pelos jornalistas e peregrinos Mariana Mansur e Fábio Tucci Farah. Os peregrinos que o percorrerem sairão da Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe, passarão pelas igrejas São Pedro e Nossa Senhora dos Navegantes e chegarão ao Santuário Sagrado Coração de Jesus, perfazendo 21 quilômetros.

Um dos idealizadores desta inciativa, o jornalista e especialista em relíquias da Arquidiocese de São Paulo, Fábio Tucci Farah, explicou à ACI Digital que “para receber a compostela (o certificado de conclusão do Caminho) é preciso percorrer pelo menos 100 quilômetros”.

Segundo ele, “a partir de dezembro de 2016, foi aprovado que, na Espanha, o caminho de La Coruña a Santiago será válido desde que o peregrino percorra os quilômetros restantes em qualquer lugar, podendo ser no próprio país”.

Assim, decidiu entrar em contato com a Oficina do Peregrino para saber como seria comprovado que foram percorridos os quilômetros necessários no país de origem. Foi quando pensou: “por que não criar um caminho aqui com carimbos próprios?”.

O passo seguinte foi definir o local do Caminho Brasileiro. Farah explicou que levou em consideração o fato de que “na Espanha o caminho parte de La Coruña, que é uma cidade portuária”. Nesse sentido, buscou uma cidade litorânea no Brasil para fazer essa ligação.

“Escolhemos Florianópolis por ter um aeroporto internacional perto de onde fica o caminho, assim, estrangeiros também podem percorrê-lo. Além disso, a cidade possui uma associação de amigos do caminho de Santiago muito atuante, que se dispôs a nos ajudar; há também a questão da segurança e a beleza do local”.

A iniciativa do Caminho Brasileiro conta com o apoio da Associação Catarinense dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela (ACACSC), da Academia Brasileira de Hagiologia (ABRHAGI) e da Arquidiocese de Florianópolis.

Os peregrinos que percorrerem este caminho deverão portar a tradicional credencial, fornecida por associações como a ACACSC, e carimbá-la nas quatro igrejas catarinenses. Os carimbos e retratam momentos importantes da história de São Tiago e foram desenhados pelo conceituado artista Spacca, o mesmo que desenhou a logo e a estampa de um santinho.
O primeiro carimbo, ‘O Chamado’, ilustra o momento em que Tiago recebe o chamado de Jesus; o segundo, ‘A Missão’, retrata quando, após a ascensão de Jesus e de Pentecostes, o discípulo segue para evangelizar na Espanha; o terceiro, ‘O Martírio’, mostra quando Tiago voltou para Jerusalém e foi martirizado, sendo o primeiro apóstolo a sofrer o martírio; e o quarto, ‘O Caminho’, apresenta o santo novamente na barca, mas desta vez depois que dois discípulos pegaram seus restos mortais em Jerusalém e retornaram para Espanha.

Por que percorrer o Caminho?

Fábio Tucci Farah teve sua primeira experiência com o Caminho de Santiago de Compostela em 2005, quando fez a peregrinação começando “a rota em Saint-Jean-Pied-de-Port, ansiando chegar logo ao túmulo de um dos discípulos de Jesus Cristo”, conforme relatou em artigo na ‘COMPOSTELA - Revista de la Archicofradía Universal del Apóstol Santiago’. Depois disso, fui novamente mais 6 vezes, seguindo por rotas diferentes.

Farah ressaltou, em declarações à ACI Digital, que “hoje, muitas pessoas percorrem o caminho por motivos diferentes da Idade Média, quando iam por motivação religiosa, por causa das relíquias de São Tiago, para assim estar na presença do santo que era um dos mais próximos de Cristo, ao lado de São Pedro e São João”.

Segundo ele, foi este o motivo que o levou a se fazer peregrino de Santiago. “No caminho – garantiu –, você faz descobertas incríveis, conhece pessoas, experimenta de uma maneira única o Reino de Deus”.

No artigo intitulado ‘O Caminho do Reino de Deus’, Farah descreveu: “Na companhia de Deus, que está em todos os lugares – e sopra como a brisa suave –, o peregrino sente o coração se transformar a cada passo”.

Ao classificar a peregrinação como algo “fantástico”, o especialista em relíquias recordou que na Idade Média, os peregrinos iniciavam o seu caminho ao sair da porta da própria casa e, segundo ele, o Caminho Brasileiro dará essa possibilidade a muitas pessoas.

A inauguração será no dia 29 de junho, solenidade de São Pedro e São Paulo. Haverá uma Missa presidida pelo Arcebispo de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jönck, o qual concedeu a aprovação eclesiástica a uma oração composta por Fábio Farah a São Tiago.

Confira, em primeira mão, a oração composta para a solenidade de abertura:

“Ó São Tiago, que a vosso exemplo, eu deixe as redes do mundo para seguir os passos de Cristo. E seja abençoado por vossa companhia.

Eu vos rogo, afastai os perigos do caminho. Quando eu me desviar, corrigi meus passos. E levantai-me em minhas quedas.

Possa eu contemplar, ao vosso lado, a Face transfigurada de Nosso Senhor. E tenha as tempestades de meu coração acalmadas com vossa presença.

Preparai meus pés para carregarem a Boa Nova até os confins da terra. E, no fim dessa jornada, São Tiago, conduzi minha alma ao Pórtico da Eterna Glória, onde precedestes aos apóstolos como mártir.

Amém”
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com