"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

quarta-feira, 21 de junho de 2017

21 de junho: dia de solstício

 domtotal.com
A paisagem em transformação
O acontecimento astronômico traz consigo algo belo, de percepção sutil ou já presente na nossa vida: a transformação da paisagem no mundo.
O acontecimento astronômico traz consigo algo belo, de percepção sutil ou já
presente na nossa vida: a transformação da paisagem no mundo. (Reprodução)
Por Fernando Barotti dos Santos*

Dia 21 de junho, ocorre em todo o planeta o evento astronômico conhecido como Solstício, sendo o período do ano em que a luz solar incide com maior intensidade no hemisfério norte, e em menor expressividade no hemisfério sul. Para esta primeira parte do planeta, o evento marca a chegada do Verão, para o outro, o início do Inverno.

O acontecimento astronômico traz consigo algo belo, de percepção sutil ou já presente na nossa vida: a transformação da paisagem no mundo.

No hemisfério norte, no período de verão boreal, os dias tornam-se mais longos e quentes, as árvores ficam cheias de folhas verdes em cores vivas, as cidades ganham mais brilho e vigor, as pessoas mais agitadas. Em regiões banhadas pelo mar, a paisagem também é intensa, a cor do oceano mais viva pela incidência da luz que atraem turistas, no polo norte, tem-se 24 horas de iluminação solar, por conta da aproximação com o sol.

Diferentemente, no hemisfério sul a paisagem encontrada é oposta, os dias são curtos, as noites são longas e algumas cidades e florestas apresentam cenário acinzentado com possibilidade de ser observar a neve e lagos congelados. Nas cidades, as roupas pesadas de Inverno saem dos armários para contribuir com o cenário gélido. Outras pessoas encontram refúgio em suas casas. As árvores perdem a opulência das folhas, flores e dos frutos, resistindo ali somente seus troncos e galhos. No polo sul, a ausência de iluminação revela 24 horas de escuridão.

Outrora, a passagem ou mudança da posição da Terra diante do Sol, era um momento sagrado para diversas civilizações como indígenas, gregas, africanas ou nórdicas. Essas civilizações celebravam o dia por ser transformador, trazendo colheita e boa caça ou também uma fase de renovação, recolhimento e escassez de suprimento.

A rotação realizada pela Terra que causa essa variação da luz solar é a modificação da paisagem. Mas do que isso é a demonstração da mudança da vida, percebida tão bem por essas antigas tradições, pois se sentiam inseridos nessas passagens, inseridos na roda viva do mundo.

Visualiza-se com isso, a mudança da paisagem. Essa nos mostra não ser perene no tempo, ela é mutável, podendo levar incontáveis anos para se modificar ou apenas horas. Esse contrate entre hemisférios, revela a importância de se contemplar à paisagem e os nuances no qual ela transmite quando alterada e o valor dessa passagem às pessoas.

Da vivência do homem com a natureza, percebe-se uma inter-relação. O Solstício seja de Verão ou Inverno, não deixa de ser uma transformação natural, porém, de acentuada relevância na alteração da paisagem e da imagem que o homem extrai a partir da sua visualização. É nessa perspectiva que o homem deve projetar seu olhar para o meio ambiente reconhecendo sua importância, e sua participação na transformação da paisagem. Tire um tempo para olhar a modificação da paisagem ao seu redor e aproveite o Solstício!

*Mestrando em Direito Ambiental e Desenvolvimento Sustentável pela Escola Superior Dom Helder Câmara. Graduado em Direito pela Escola Superior Dom Helder Câmara, pesquisador do grupo de pesquisa MAPE: Meio-Ambiente, Paisagem e Energia. E-mail: fernando_barotti@hotmail.com
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com