"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

quinta-feira, 18 de maio de 2017

STF determina afastamento de Aécio Neves e autoriza prisão de irmã do senador

 domtotal.com
Aécio é alvo nesta quinta de operação da Polícia Federal, que cumpre mandados de busca e apreensão em seu apartamento no Rio de Janeiro e em seu gabinete no Congresso.
A operação foi deflagrada depois que Aécio foi gravado pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, um dos donos do frigorífico JBS.
A operação foi deflagrada depois que Aécio foi gravado pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, um dos donos do frigorífico JBS. (Valter Campanato/ABr)

O STF determinou o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato de senador e do deputado Rocha Loures (PMDB-PR) do mandato de deputado federal. Com relação ao senador Zezé Perrela (PMDB-MG), o mandado é de busca e apreensão. Aécio é alvo nesta quinta de operação da Polícia Federal, que cumpre mandados de busca e apreensão em seu apartamento no Rio de Janeiro e em seu gabinete no Congresso Nacional, em um desdobramento da Operação Lava Jato. A operação foi deflagrada depois que Aécio foi gravado pedindo 2 milhões de reais ao empresário Joesley Batista, um dos donos do frigorífico JBS, segundo reportagem do jornal O Globo na quarta-feira, confirmada à Reuters por três fontes.

O Supremo também autorizou a prisão da irmã do senador, a jornalista Andrea Neves. O mandado é de prisão preventiva, quando não há prazo para a soltura. Andrea teria pedido dinheiro em nome do irmão para Joesley Batista, num primeiro contato antes de o próprio tucano procurar o empresário. As conversas foram gravadas. Joesley fez delação premiada. Até o momento, o mandado de prisão não foi cumprido.

Todos os envolvidos foram citados na delação do empresário Joesley Batista fechada com a Procuradoria-Geral da República. Aécio e Rocha Loures foram acusados por ele de pedirem dinheiro. Os valores foram pagos com notas rastreadas e a entrega filmada.

Todas as ações são autorizadas pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo. Endereços de Aécio Neves e Rocha Loures foram alvo de busca e apreensão.

Confira a charge Churrasco Friboi!

Leia também:

PF cumpre mandado de busca e apreensão em apartamento de Aécio no Rio

Dono da JBS gravou presidente Temer dando aval para compra de silêncio de Cunha

Aécio pediu R$ 2 milhões, diz Joesley Batista

'Se a JBS delatar, será o fim da República', disse Eduardo Cunha segundo jornal

Deputados da oposição fazem protestos contra Temer no plenário da Câmara

Temer: Presidente da OAB cobra "esclarecimentos" de suposta obstrução

Reuters/Agência Estado
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com