"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Papa Francisco com a RCC em seu Jubileu de Ouro

2017-05-03 Rádio Vaticana

Cidade do Vaticano (RV) - A Renovação Carismática Católica (RCC) estará celebrando seu Jubileu de Ouro em Roma, dentro de um mês. O movimento nasceu em fevereiro de 1967, durante um retiro de estudantes na Universidade Duquesne, em Pittsburgh, Pensilvânia, e difundiu-se pelos cinco continentes.

As comemorações terão início na manhã da quarta-feira, 31 de maio, na Audiência Geral com o Papa Francisco e se concluirão no Domingo de Pentecostes, dia 4 de junho, com a celebração na Praça São Pedro, presidida pelo Pontífice, que também estará presente na grande Vigília programada para o 'Circo Massimo' (próximo ao Coliseu), na noite de sábado.

O programa destes dias será intenso, com encontros, simpósios, laboratórios e celebrações em várias basílicas e igrejas romanas. Testemunhas dos primeiros anos da Renovação estarão presentes, assim como expoentes mundiais da RCC e da Fraternidade Católica. Por desejo do próprio Pontífice, o encontro que reunirá carismáticos provenientes de todo o mundo, terá a presença também de expoentes do mundo evangélico e pentecostal.

"O Papa Francisco nos pediu para pensar em um Jubileu que fosse o mais inclusivo possível", enfatizou a Presidente da RCC internacional, Michelle Moran. "Além dos encontros com o Pontífice, a programação prevê alguns momentos específicos que irão refletir as peculiaridades da Renovação Carismática. Cada evento será fruto da colaboração entre as diversas realidades, porque o Papa dá uma grande importância ao tema da unidade e membros de outras Igrejas estarão conosco", explicou Moran.

"Precisamente do Papa Francisco partiu em 2014 o convite para esta grande festa e estamos ansiosos em celebrar este nosso Jubileu", declarou à Agência Ansa o brasileiro Gilberto Barbosa, Presidente da Catholic Fraternity. "Somos um dom para a Igreja, mas também enfrentamos muitas dificuldades (...). O Papa disse que nestes cinquenta anos muitas coisas mudaram na Igreja. E isto graças também à contribuição da Renovação Carismática".

Segundo algumas estimativas, existem hoje no mundo mais de 120 milhões de carismáticos católicos. De fato, aquele histórico retiro em 1967 não ficou restrito à Universidade de Duquesne. A experiência daquela "nova efusão do Espírito" vivida por aqueles estudantes, difundiu-se nas paróquias e outras realidades pelo mndo afora.

(JE com informações da Ansa)
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com