"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

domingo, 21 de maio de 2017

Papa envia mensagem de «comunhão» aos católicos da China


Agência Ecclesia 21 de Maio de 2017, às 12:19      
Igreja Católica celebra dia de oração por esta comunidade, a 24 de maio

Cidade do Vaticano, 21 mai 2017 (Ecclesia) – O Papa Francisco dirigiu hoje no Vaticano uma mensagem de “comunhão” aos católicos na China, por ocasião do dia anual de oração que a Igreja dedica a estas comunidades, a 24 de maio.

“Digo aos católicos chineses: levantemos o olhar para Maria, nossa Mãe, para que nos ajude a discernir a vontade de Deus a respeito do caminho concreto da Igreja na China e nos ajude a acolher com generosidade o seu projeto de amor”, declarou, após a recitação do Regina Coeli, na Praça de São Pedro, perante milhares de pessoas.

A intervenção acontece num momento em que se verificam sinais de aproximação entre o Vaticano e Pequim.

Francisco disse que a Igreja Católica vai estar unida “espiritualmente” aos fiéis da China na festa da Virgem Maria, Ajuda dos Cristãos, venerada no Santuário de Sheshan, em Xangai.

“Maria encoraja-nos a oferecer o nosso contributo pessoal para a comunhão entre os crentes e para a harmonia de toda a sociedade. Não nos esqueçamos de testemunhar a fé com a oração e com o amor, mantendo-nos abertos ao encontro e ao diálogo, sempre”, concluiu.

Francisco foi o primeiro Papa a sobrevoar o espaço chinês, em agosto de 2014, tendo nessa ocasião enviado duas mensagens ao presidente Xi Jinping, pedindo que Deus abençoasse o país asiático.

O regime de Pequim criou em 1957 a Associação Patriótica Católica (APC) para evitar interferências estrangeiras, em especial da Santa Sé, e para assegurar que os católicos viviam em conformidade com as políticas do Estado.

O Vaticano considera ‘ilegítimos’ os bispos que receberam jurisdição da APC, sem autorização do Papa, e a comunidade fiel à Santa Sé vive de forma clandestina.

No encontro desta manhã, Francisco recordou ainda a importância do “mandamento” do amor a Deus e ao próximo, deixando uma saudação ao grupo do Colégio de São Tomás, em Lisboa, presente no Vaticano.

OC
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com