"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Nossa Senhora que chora, hóstia que sangra, manto que muda de cor: acreditar?

Facebook Santa Teresita Parroquia de Paraná
Vírgen que lloró sangre en Paraná, Argentina

Casos supostamente extraordinários estariam acontecendo na Argentina

AArgentina tem registrado diversos casos aparentemente “extraordinários” ao longo das últimas semanas em comunidades paroquiais espalhadas pelo país.

Lágrimas de sangue

O mais recente ocorreu na paróquia de Santa Teresita, na cidade de Paraná, província de Entre Ríos, em 17 de maio. Conforme a agência AICA, um grupo rezava diante do Santíssimo quando apareceram no rosto de uma imagem de Nossa Senhora das Dores algumas gotas que pareciam lágrimas de sangue.
As autoridades do arcebispado iniciaram a investigação do fenômeno que, de acordo com um comunicado, “é materialmente constatável, visível”; no entanto, prossegue o mesmo comunicado, “o fruto que vier a dar será obra do Espírito Santo em cada um. A Igreja, como mãe, nos dá o seu conselho de não tirar disto nenhuma interpretação” enquanto a investigação estiver em andamento. “Qualquer que seja o resultado dessa investigação, devemos utilizar este tempo para renovar a nossa fé e devoção a nossa Mãe Santíssima como caminho que nos leva a Jesus Cristo, bem como para nos ajudar a responder, com solícita caridade fraterna, às lágrimas do coração dos irmãos que sofrem no corpo e na alma”.
Na mesma arquidiocese, faz alguns meses, fiéis e um padre da paróquia de São Domingos Sávio afirmaram ter visto lágrimas nos olhos de uma imagem da Imaculada Conceição na capela de adoração ao Santíssimo.

O manto que muda de cor

Poucos dias antes, durante as celebrações pelo centenário das aparições de Nossa Senhora em Portugal, outro caso foi registrado na paróquia de Nossa Senhora de Fátima em Martínez, diocese de San Isidro, na Grande Buenos Aires: numerosos fiéis perceberam uma aparente mudança de cor no manto da Virgem Peregrina, de branco para azul celeste e branco – as cores da bandeira argentina. Fotos do caso viralizaram nas redes sociais. Algo parecido havia ocorrido na paróquia Nossa Senhora de Fátima do bairro Juan de Vera, em Corrientes, durante o mês de novembro de 2013.

A hóstia que sangra

No início de abril, em Rafaela, província de Santa Fé, uma hóstia consagrada que estava sendo adorada em uma casa de recuperação apresentou uma gota que parecia de sangue. O bispo foi chamado, conversou com as pessoas presentes no momento e reservou a hóstia para ser investigada.
A Igreja, nestes casos e em outros similares, pede que os acontecimentos sejam julgados com prudência e mesura a fim de esclarecer e dar certeza sobre os fatos. Ao longo da história, a Igreja recebeu testemunhos da presença real e substancial de Jesus Cristo na Eucaristia por meio desta forma tão singular de manifestação. Não foram casos comuns nem simples de se discernir”, observou a diocese de Rafaela em comunicado.

Prudência

Os diversos comunicados oficiais sobre possíveis eventos extraordinários falam de prudência. Enquanto as investigações prosseguem, a grande pergunta de quem acredita na origem sobrenatural de tais eventos é esta: Deus quer nos dizer algo com isto?
O comunicado da arquidiocese de Paraná, a respeito das supostas lágrimas de sangue na face da imagem de Nossa Senhora das Dores, responde: “Não mais do que já nos disse em seu Filho Jesus. Por isso, um primeiro fruto deste fato é voltarmos a escutar a Deus onde Ele nos espera: em sua Palavra na Igreja”.

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com