"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Ministros FreireJungmann e renunciam e são primeiras baixas de Temer após delação da

Leandro Prazeres
Resultado de imagem para roberto freire e Jungmann  renunciamDo UOL, em Brasília* 18/05/201716h55 > Atualizada 18/05/201717h24

Divulgação/Beto Barata/PR
Os deputados federais licenciados Roberto Freire (SP) e Raul Jungmann (PE), ambos do PPS, comunicaram nesta quinta-feira (18) sua saída do ministério do presidente Michel Temer (PMDB). Os políticos comandavam as pastas da Cultura e da Defesa, respectivamente.

Freire apresentou sua renúncia ao ministro chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, nesta tarde. Segundo a assessoria de imprensa do agora ex-ministro, ele já havia informado ao governo que, se o presidente Michel Temer não renunciasse, ele deixaria o cargo. Ainda de acordo com a assessoria, após as revelações da última quarta-feira (17) e a abertura de inquérito contra Temer no STF, não havia mais como permanecer no governo.
Resultado de imagem para Jungmann  renunciam
Mais tarde, o líder do PPS na Câmara, Arnaldo Jordy (PA), confirmou que Raul Jungmann também estava fora do ministério. A avaliação no partido é de que a situação do governo Temer é insustentável. A bancada do partido na Câmara, composta por nove deputados, defende a renúncia do presidente da República, embora Temer, em pronunciamento, tenha afirmado que não deixará o cargo.

Agora, Freire e Jungmann podem retomar seus cargos de deputados federais, dos quais se licenciaram para tornarem-se ministros.

Os dois veteranos do PPS são as primeiras baixas oficiais do governo Temer desde que o jornal O Globo revelou, na quarta-feira, que o presidente foi gravado pelo empresário Joesley Batista, presidente da JBS, autorizando o pagamento de uma mesada para manter em silêncio o ex-deputado Eduardo Cunha, preso em Curitiba. A delação de Joesley foi feita à Procuradoria Geral da República em março deste ano e homologada nesta quinta pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin.

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com