"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

domingo, 21 de maio de 2017

Bispos católicos exigem «rigorosa apuração» das suspeitas de corrupção que envolvem Michel Temer


Agência Ecclesia 20 de Maio de 2017, às 13:04        Foto: @ Reuters

Foto: @ Reuters
Atual chefe de Estado está a ser acusado de ter autorizado um suborno ao antigo líder da Câmara dos Deputados


Brasília, 20 mai 2017 (Ecclesia) - A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) emitiu um comunicado acerca da polémica instalada à volta do presidente brasileiro, Michel Temer, depois do atual chefe de Estado ter sido gravado alegadamente a autorizar um suborno ao antigo líder da Câmara dos Deputados.

No referido documento da CNBB, publicado online, os bispos católicos daquele país lusófono referem que "acompanham com espanto e indignação as graves denúncias de corrupção acolhidas pelo Supremo Tribunal Federal" e defendem uma "rigorosa apuração" dos factos e, se for caso disso, a chamada à responsabilidade dos "autores dos atos ilicitos".

Os responsáveis católicos salientam que "segundo a Constituição, todo o servidor público, principalmente os que detêm elevadas funções, devem manter uma conduta integra, sob pena de não poder exercer o cargo que ocupa".

Depois da anterior presidente do Brasil, Dilma Rousseff, ter caído devido a casos de alegada corrupção, agora é o seu sucessor, Michel Temer, que enfrenta a perspetiva de uma nova destituição.

Para a CNBB, a superação da grave crise vivida no Brasil exige o resgate da ética na política que desempenha papel fundamental na sociedade democrática".

"Urge um novo modo de fazer política, alicerçado nos valores da honestidade e da justiça social", salientam os bispos católicos do Brasil, que terminam a sua nota pedindo a todas as "comunidades que participem responsável e pacificamente na vida política, contribuam para a realização da justiça e da paz e rezem pelo Brasil".

O antigo líder da Câmara dos Deputados que está envolvido neste caso é Eduardo Cunha, membro do Partido do Movimento Democrático Brasileiro, de Michel Temer, e que está atualmente a cumprir uma pena de 15 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, no âmbito da Operação 'Lava Jato'.

JCP
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com