"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Suposto texto do Papa no WhatsApp é falso

  Aleteia Brasil | Abr 24, 2017
Creative Commons
Confira quais são as fontes confiáveis de textos do Papa e sobre o Papa

Circula pelas redes sociais, em especial pela aplicação de mensagens WhatsApp, um texto falsamente atribuído ao Papa Francisco incentivando as pessoas a “não criticarem tanto o seu corpo”, entre outros conselhos – alguns muito bons e válidos, outros um tanto dúbios.

A mensagem começa assim:

–– ADVERTISEMENT ––


“Esta vida vai passar rápido, não brigue com as pessoas, não critique tanto seu corpo. Não reclame tanto. Não perca o sono pelas contas. Não deixe de beijar seus amores. Não se preocupe tanto em deixar a casa impecável”.
Algumas passagens podem prestar-se a interpretações contrárias à fé católica: “Não existe o tudo perfeito”, diz um trecho, ignorando a perfeição de Deus.

Em seguida, porém, o texto complementa que “o ser humano não consegue atingir isso [a perfeição] porque simplesmente não foi feito para se completar aqui”. Esta passagem pode dar a entender, corretamente, que a nossa plenitude ocorrerá na eternidade, com Deus, e não aqui na vida terrena, mas também não é suficientemente clara a esse respeito.

O fato é que não há nenhum registro dessas palavras nem nos textos oficiais do Papa Francisco nem nas dezenas e dezenas de entrevistas que ele já concedeu. E não é o primeiro caso de texto atribuído falsamente ao Santo Padre.

Em dezembro de 2015, a Santa Sé pediu que os fiéis tomem cuidado com “palavras doces” compartilhadas na internet como se fossem do Papa, já que, embora contenham algumas mensagens positivas e edificantes, também podem conter afirmações dúbias ou contraditórias no tocante à fé.

Consulte fontes confiáveis

Para se ter certeza sobre a autenticidade ou falsidade da autoria, convém procurar os textos na página oficial da Santa Sé, conforme recomendação do News.va, o serviço de informações do Vaticano. Para isso, basta saber a data ou ocasião em que ele teria escrito ou pronunciado essas palavras e procurar na página oficial do Vaticano o respectivo texto na íntegra. Ocorre que, na maioria dos casos de textos falsos, essa referência, obviamente, não existe.

O Vaticano orienta os fiéis a procurarem nas próprias fontes da Santa Sé os textos do Santo Padre que se desejam compartilhar.

Essas fontes confiáveis incluem:

– o site oficial do Vaticano: www.vatican.va

– a Sala de Imprensa da Santa Sé: http://press.vatican.va

– a rede oficial de informações News.va: http://www.news.va/pt

– o Twitter oficial do Santo Padre: @Pontifex_pt

– a página do News.va no Facebook: https://www.facebook.com/news.va.pt

– o jornal vaticano L’Osservatore Romano: http://www.osservatoreromano.va/pt

– a Rádio Vaticano: http://br.radiovaticana.va/

– o Centro Televisivo Vaticano (CTV): http://www.ctv.va

– o aplicativo para celulares e tablets “The Pope App”, administrado pelo News.va
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com