"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

domingo, 2 de abril de 2017

Museu do Santuário Nacional acolhe obras de Brecheret


A partir desta sexta-feira (31), quem visita o Museu Nossa Senhora Aparecida, da Básilica dedicada à padroeira do Brasil, poderá apreciar um novo atrativo no espaço. Foram entronizadas obras do escultor Victor Brecheret, que ficarão em exposição permanente no 2º andar da Torre Brasília. As esculturas sacras do século XX pertenciam a uma coleção particular e foram doadas ao Santuário Nacional pela filha do artista, Sandra Brecheret Pellegrini.

Deu-se início ao momento com a missa das 9h no Altar Central da Basílica de Aparecida. A celebração eucarística foi presidida pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, e contou com a participação dos colaboradores do Museu. Após a Eucaristia, aconteceu a entronização das obras na área das exposições, com a presença do administrador ecônomo do Santuário Nacional, padre Daniel Antônio da Silva e da doadora dos exemplares.

A peça mais antiga da coleção, Pietá, foi feita na década de 20, e é a maior das peças, com 73,5 cm. Confeccionada em cimento, a escultura representa a Virgem Maria com Jesus morto nos braços logo após a crucificação. Já a Madona foi feita na década de 40 em gesso patinado, mesmo material do Anjo, moldado na década de 50, pouco antes da morte do artista. As obras fazem parte do movimento modernista brasileiro, que dominou o cenário artístico do país na primeira metade do século XX.

Brecheret foi responsável por introduzir este movimento na escultura do Brasil a partir da Semana de Arte Moderna, em 1922, quando expôs vinte esculturas no Teatro Municipal de São Paulo. É dele o ‘Monumento às Bandeiras’, instalado no Parque do Ibirapuera, na capital paulista.

Museu Nossa Senhora Aparecida

Inaugurado em 8 de setembro de 1956, está atualmente sediado em dois andares da Torre Brasília. O espaço conta com exposições permanentes e temporárias sobre diversas temáticas, tendo como plano de fundo a história da devoção a Padroeira do Brasil. Entre os projetos desenvolvidos no local, está o “300 Anos Catequizando com a Mãe Aparecida”, que leva os alunos dos grupos de catequese da Arquidiocese de Aparecida ao Museu.

A12
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com