"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

terça-feira, 25 de abril de 2017

Irmã de sacerdote assassinado pelo ISIS recorda suas últimas palavras: “Afasta-te satanás!”

Por Álvaro de Juana
Irmã do Pe. Jacques Hamel cumprimenta o Papa. Foto: Captura Youtube

Roma, 24 Abr. 17 / 08:00 pm (ACI).- "Jacques tinha 85 anos, quando dois jovens, radicalizados por um discurso de ódio, pensaram em realizar um ato heroico passando à violência homicida" e se entregou até dar a vida. Com estas palavras, Roselyne começou o testemunho de Jacques Hamel, assassinado na França em 26 de julho do ano passado, por dois jihadistas do autodenominado Estado islâmico (ISIS), em uma celebração presidida em Roma pelo Papa Francisco.

O de Roselyne foi um dos testemunhos realizados durante a celebração presidida pelo Papa na Basílica de São Bartolomeu, em uma pequena ilha localizada no centro de Roma, no rio Tibre.

A Igreja é confiada à Comunidade de Santo Egídio e desde o Jubileu do Ano 2000 está dedicada aos "Novos Mártires" a pedido do Papa João Paulo II. A Igreja tem muitas relíquias desses mártires, alguns já são beatos, santos ou estão em processo.

O Pontífice passou a rezar pelos mártires do século XX e XXI, e por todos os cristãos que sofrem algum tipo de perseguição.

"Na sua idade, Jacques era frágil, mas também forte. Forte devido à sua fé em Cristo, forte pelo seu amor ao Evangelho e pelas pessoas, seja quem for e – tenho certeza - também pelos seus assassinos”, disse emocionada a irmã do sacerdote.

"Como a Sua Santidade disse durante a sua homilia em memória de Jacques, neste momento difícil, não havia perdido a lucidez quando no altar acusou o verdadeiro autor da perseguição: ‘Afasta-te satanás!’”.

Roselyne assinalou diante do Papa que, "com efeito, matar em nome de Deus é sempre satânico". "A sua morte está em linha com a sua vida de sacerdote, que era uma vida de doação: uma vida oferecida ao Senhor, quando disse 'sim' no momento da sua ordenação, uma vida a serviço do Evangelho, uma vida entregada à Igreja e às pessoas, especialmente aos mais pobres, que serviu sempre na periferia de Rouen".

A irmã deste sacerdote, que já está em processo de beatificação, está convencida que "exista um paradoxo". "Ele que nunca quis estar no centro, deu um testemunho para o mundo inteiro e cujo alcance ainda não se pode medir".

"Nós o vivemos nas reações de todos os cristãos que ainda não pregaram a vingança ou o ódio, mas o amor e o perdão; nós o vimos na solidariedade dos muçulmanos que queriam visitar as assembleias dominicais depois da sua morte; nós o vimos na França, que mostrou a sua unidade em torno à ternura por este sacerdote”.

Não quis deixar de aproveitar esta ocasião para recordar os sentimentos que há alguns meses vivem os familiares do sacerdote assassinado pelo ISIS: "Para nós, sua família, certamente permanecem a dor e o vazio". "Mas é um grande consolo ver quantos novos encontros, quanta solidariedade e quanto amor foram gerados pelo testemunho de Jacques".

Roselyne recordou também algumas palavras do sacerdote: "A nossa vocação é participar na construção de uma nova fraternidade, em um novo contexto mundial".

"Sim, Jacques, durante a sua vida quis viver como irmão de todos aqueles que foram confiados, com sua morte se tornou um irmão universal".

Finalmente, Roselyne explicou que "em setembro do ano passado acompanhou o breviário de Jacques, que a partir de gora se conservará nesta Basílica, e estamos profundamente agradecidos por isso".

"Que o sacrifício de Jacques possa dar frutos, para que os homens e mulheres do nosso tempo possam encontrar o caminho para viver juntos em paz", concluiu.

Em julho do ano passado, dois homens armados que afirmavam ser membros do Estado Islâmico, invadiram a celebração da Missa na igreja católica de Saint-Etienne-du-Rouvray, no norte da França, e mataram o sacerdote e fizeram vários reféns.

Pe. Hamel foi degolado pelos atacantes. Entre os reféns dentro da igreja, estavam duas religiosas e uma delas conseguiu escapar e avisar para a polícia.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com