"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

terça-feira, 4 de abril de 2017

Desenvolvimento integral - caminho a seguir pela família humana

2017-04-04 Rádio Vaticana

Resultado de imagem para Populorum Progressio paulo VI e dom helder
O Papa Francisco recebeu esta manhã em audiência na Aula Paulo VI os cerca de 300 participantes no Congresso internacional sobre os 50 anos da publicação da encíclica do Papa Paulo VI, “Populorum Progressio”. Um congresso  que corresponde significativamente ao nascimento do novo Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Integral – disse o Papa Francisco. O Pontífice recordou que foi o Papa Montini quem sublinhou naquela encíclica o significado de “desenvolvimento integral” e que propôs a fórmula: “desenvolvimento de todos os homens e do homem todo”.

O que significam, então, estes conceitos para o futuro próximo? - perguntou o Papa que convidou a examinarem juntos alguns aspectos: integrar os diversos povos da terra, oferecer modelos praticáveis de integração social; integrar no desenvolvimento todos os elementos que o tornam realmente tal; integrar a dimensão individual e comunitária; integrar corpo e alma.

Resultado de imagem para Populorum ProgressioNo que toca ao primeiro aspecto – integrar os diversos povos da terra,  Francisco explicou que “o dever de solidariedade obriga a procurar justas modalidades de partilha, a fim de que não haja aquele dramático fosso entre quem tem muito e quem não tem nada, entre quem descarta e quem é descartado. Só o caminho da integração entre os povos proporciona à humanidade um futuro de paz e esperança”

Quanto a modelos práticos de integração social, o Papa recordou que todos têm um contributo a dar à sociedade para o bem comum. Isto é um direito e um dever. É o princípio de subsidiariedade e requer o contributo de todos, individualmente e como grupos, se queremos criar uma convivência humana aberta a todos.

Integrar no desenvolvimento todos os elementos que o tornam verdadeiramente tal, ou seja, economia, finanças, trabalho, cultura, vida familiar, religião. Nenhum destes elementos pode ser absolutizado ou posto de lado num processo de desenvolvimento integral que leve em consideração a vida humana. É como uma orquestra que toca bem se os seus diversos instrumentos estiverem bem afinados e se seguem uma pauta partilhado entre todos.

Há ainda que integrar a dimensão individual e comunitária – pois que o eu e a comunidade não são concorrentes entre si. O “eu pode amadurecer só em presença de relações interpessoais autênticas e a comunidade é geradora quando o são todos e singularmente os seus componentes. Isto vale ainda mais na família que é a primeira célula da sociedade e em que se aprende a viver juntos”.

Trata-se de integrar entre si corpo e alma – continuou o Papa. E recordou que já Paulo VI dizia que não se pode reduzir o desenvolvimento a um simples crescimento económico. Não se trata apenas de ter cada vez mais bens à disposição. “Integrar corpo e alma significa também que nenhuma obra de desenvolvimento poderá atingir realmente o seu escopo se não respeitar aquele lugar onde Deus está presente e fala ao nosso coração”.

E convidou a ver no facto de Deus se ter feito homem, o verdadeiro significado de desenvolvimento integral, isto é um desenvolvimento que não negligencia nem a Deus nem ao homem, porque assume toda a consistência de ambos.

“Neste sentido, o conceito de pessoa nascido e amadurecido no cristianismo, ajuda a procurar um desenvolvimento plenamente humano. Dado que pessoa significa sempre relação, não individualismo, afirma inclusão e não exclusão, a dignidade única e inviolável e não a exploração, a liberdade e não o constrição” .

A Igreja – rematou o Papa – está convicta de que o desenvolvimento integral e a via do bem que a família humana é chamada a percorrer. Por isso não se cansa de oferecer esta sabedoria e a sua obra ao mundo. E convidou os presentes a levarem avante com paciência e constância esta acção, confiantes de que os Senhor os acompanha. 

(from Vatican Radio)
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com