"Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como minha sombra" (Dom Helder Câmara).

terça-feira, 21 de março de 2017

Fátima 2017: Mensagem das Aparições nas intervenções do Papa Francisco

Agência Ecclesia 20 de Março de 2017, às 11:13       

Visita ao santuário da Cova da Iria vai marcar reencontro com a imagem venerada na Capelinha das Aparições

Lisboa, 20 mar 2017 (Ecclesia) - O Papa Francisco vai visitar o Santuário de Fátima a 12 e 13 de maio, numa viagem de 22 horas em solo português centrada na Cova da Iria, segundo programa oficial divulgado hoje.

A convite do presidente da República e dos bispos portugueses, por ocasião do Centenário das Aparições, Francisco vai assim tornar-se o quarto Papa a viajar até Fátima, num ano particularmente simbólico.

As aparições na Cova da Iria têm sido uma referência de intervenções e gestos do Papa: Francisco pediu aos bispos portugueses que consagrassem o seu pontificado a Nossa Senhora de Fátima, o que aconteceu em 13 de maio de 2013, dois meses após a eleição do sucessor de Bento XVI.

A 12 de outubro de 2013, o Papa Francisco recebeu solenemente no Vaticano a imagem original de Nossa Senhora de Fátima, venerada na Capelinha das Aparições, tendo depositado um rosário a seus pés, como oferta pessoal.

A inédita deslocação da imagem, que pela primeira vez esteve fora da Cova da Iria numa peregrinação internacional aniversária, foi um pedido expresso de Bento XVI, Papa emérito, repetido por Francisco, integrando-se na Jornada Mariana do Ano da Fé.

A 13 de outubro, o pontífice rezou um “ato de entrega”, diante da imagem, no qual recorda o “amor de predileção” da Virgem Maria “pelos pequenos e pobres, pelos excluídos e sofredores, pelos pecadores e os de coração transviado”.

Antes, a 17 de março, quando presidiu pela primeira vez à recitação do ângelus, o Papa sublinhou a “misericórdia” de Deus evocando uma passagem da imagem da Senhora de Fátima pela capital da Argentina.

Francisco recordou então uma visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima a Buenos Aires, em 1992.

O Santuário de Fátima recordou também o acolhimento dedicado pelo então arcebispo de Buenos Aires, D. Jorge Mario Bergoglio, noutra vista da imagem peregrina de Fátima, em 1998.

Nos últimos anos, o Papa recordou por diversas vezes a memória das aparições de Fátima, como aconteceu a 13 de maio de 2015, junto de uma imagem de Nossa Senhora, convidando os católicos a manter viva esta devoção.

“Neste dia de Nossa Senhora de Fátima, convido-vos a multiplicar os gestos diários de veneração e imitação da Mãe de Deus. Confiai-Lhe tudo o que sois, tudo o que tendes; e assim conseguireis ser um instrumento da misericórdia e ternura de Deus para os vossos familiares, vizinhos e amigos”, afirmou, durante a audiência pública semanal que decorreu na Praça de São Pedro.

Já em 2016, o Papa evocou no dia 11 de maio as aparições marianas na Cova da Iria.

“Nesta aparição, Maria convida-nos mais uma vez à oração, à penitência e à conversão”, disse, perante milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro.

Francisco evocou alguns dos conteúdos centrais das aparições aos três videntes, os Beatos Francisco e Jacinta e a irmã Lúcia, que tiveram lugar na Cova da Iria entre maio e outubro de 1917.

“[A Virgem Maria] pede-nos para não ofendermos mais a Deus; adverte toda a humanidade sobre a necessidade de abandonar-se a Deus, fonte de amor e de misericórdia”, assinalou.

Na saudação aos peregrinos polacos presentes no Vaticano, o Papa lembrou também a figura de São João Paulo II, “grande devoto de Nossa Senhora de Fátima”.

No último dia 22 de fevereiro, Francisco recordou o Centenário das Aparições.

“Confiemo-nos a Maria, mãe da esperança, que nos convida a virar o olhar para a salvação, para um mundo novo e uma nova humanidade”, pediu aos peregrinos reunidos na Praça de São Pedro.

OC
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Pe. Geovane Saraiva

Pe. Geovane Saraiva

POSTAGENS POPULARES

SIGA-ME

Siga por e-mail

Tecnologia do Blogger.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Copyright © F.G. Saraiva | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com